ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, QUARTA  17    CAMPO GRANDE 23º

Comportamento

Após fama por causa de gato, responsável fecha ciclo tatuando Frajola

Para marcar o caso que rendeu muita briga, o gato agora ficará marcado no braço de bacharel em Direito

Por Ângela Kempfer | 13/01/2022 15:25
Frajola foi parar no braço de Pablo, junto à balança, símbolo do Direito. (Foto: Arquivo Pessoal)
Frajola foi parar no braço de Pablo, junto à balança, símbolo do Direito. (Foto: Arquivo Pessoal)

O bacharel em Direito Pablo Chaves ainda nem conseguiu a carteirinha da OAB, mas já é um dos sul-mato-grossenses mais conhecidos por aí. A fama veio com a luta para que o gato Frajola continuasse morando no condomínio que escolheu, mesmo sem um dono. Agora, para fechar o ciclo, o pet marca a vida de Pablo literalmente, como tatuagem no braço.

A patinha em preto e a cara do gatinho com olhos verdes e focinho rosado estão impressas junto com o símbolo do Direito. Pablo fechou ontem o ciclo com mais uma conquista. Além de ser oficialmente adotado por moradores do Residencial Mangaratiba, no Bairro Tiradentes, a multa passou de R$ 5 mil para R$ 20 mil, caso a decisão judicial seja descumprida.

Estudando para mais uma prova da OAB, ele já decidiu que vai seguir na área do Direito Animalista, depois da história ganhar fama nacional, render entrevista no programa Encontro, de Fátima Bernardes e ir parar até em Portugal, por criar jurisprudência no Brasil. “Nunca imaginei. Tinha paixão já por animais, mas agora, vou unir com o Direito”.

A vontade é encarar ações sobre maus-tratos, tentar conciliação no caso de guarda dos pets, o que atualmente rende até pensão para quem fica com o animal, se não houver compartilhamento da responsabilidade. “Tem muita coisa nessa área, inclusive, agora, estou fazendo uma pós-graduação Jus Animalista”, conta.

Nos siga no Google Notícias