A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 23 de Setembro de 2018

20/05/2018 07:50

Ayrton Moura é o Mister Eco 2018 e representa interior de Mato Grosso do Sul

Em concurso que é preciso de importar com a natureza, o modelo vê um passo para o grande sonho de ser ator

Thaís Pimenta
Ayrton foi eleito em primeiro lugar o Mister Eco Brazil, representando Aquidauana. (Foto: Acervo Pessoal)Ayrton foi eleito em primeiro lugar o Mister Eco Brazil, representando Aquidauana. (Foto: Acervo Pessoal)

Ayrton Moura saiu da borracharia na qual trabalhou durante os primeiros 21 anos de sua vida, em Anastácio, interior do Mato Grosso do Sul, para tentar uma vida no em São Paulo e poder se aproxima de seu grande sonho: ser ator. Em 2018 completam cerca de nove anos na grande Capital, em que ele conseguiu realizar alguns cursos e teatro, trabalhos como figuração e mais recentemente ganhou o primeiro lugar no Concurso Mister Eco Brazil, representando Aquidauana, sua cidade natal, e se vê cada dia mais perto do sonho de vida aos seus 29 anos.

Internacional, o concurso não vê só a beleza dos candidatos, mas também procura por uma pessoa que possa ser embaixadora das causas ecológicas. "É mais do que um descobrimento de talentos. o concurso é envolvido com ecologia, temos que proteger a natureza, não sermos tão agressivos com ela, Plantar árvores, fazer uma verdadeira corrente de pessoas que protejam o nosso bem maior que é o meio ambiente", explica ele.

Além de, claro, Ayrton ser um cara bom de pinta, ele considera que foi escolhido porque tem na natureza o seu refúgio, e conseguiu deixar isso claro para os jurados. "Como eu sou daí, cresci e vivi nas fazendas até os meus dez, onze anos, de idade. Morava nas fazendas com meus pais e depois a gente mudou pra cidade. Esse contato fez com que a natureza, estar no mato, me trouxesse a paz e até hoje, se eu estou com um dia de folga em São Paulo eu procuro um lugarzinho com mato pra me distrair".

 

Ele desbancou 25 candidatos no concurso e agora em novembro representa o Brasil na etapa internacional. (Foto: Acervo Pessoal)Ele desbancou 25 candidatos no concurso e agora em novembro representa o Brasil na etapa internacional. (Foto: Acervo Pessoal)

De uma realidade totalmente diferente, Ayrton disse que quando era novinho pensava que a vida era apenas trabalhar na borracharia de seu irmão. Pouco a pouco ele entendeu que podia, e não tinha problema algum, querer mais pra si. "Foi entre a infância e a adolescência que eu passei a sonhar esse destino pra mim, não nasci com essa vontade". Seus pais continuam morando em Anastácio e apoiam 100% a vontade do filho.

De 26 a 29 de abril, em Maceió, Alagoas, foi onde Ayrton superou os 25 concorrentes do Mister Eco e levou o primeiro lugar. "Quem me inscrever no concurso foi o Jaime Artigas. Foi ele também quem me descobriu para vir trabalhar como modelo", completa. A segunda e última etapa é internacional e acontece em novembro, a partir do dia 15, em Santa Cruz de La Sierra. "É um concurso sério e eu acho que tenho chances de ganhar também no internacional".

Enquanto o grande título e nem o grande papel de sua carreira chegam, o modelo e ator continua na batalha, em uma loja de móveis de design, trabalhando como barman no tempo livre e tirando desses trabalhos menos constantes, como o Mister, parte de sua renda. "Sigo investindo na minha carreira artística aqui. Já fiz cursos de teatro no Studio Fátima Toledo e na Fundação das Artes do São Caetano. Preciso agora tirar minha DRT como ator pra poder ser contratado", finaliza ele.

Curta o Lado B no  Facebook e no Instagram.



imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.