ACOMPANHE-NOS    
MAIO, TERÇA  24    CAMPO GRANDE 29º

Comportamento

Bombeiros surpreendem Pedro, que desde os 2 anos, quer “salvar vidas”

Festa de 4 anos de Pedro Henrique contou com uma visita surpresa de minutinhos do Corpo de Bombeiros

Por Thailla Torres | 23/01/2022 12:00
Bombeiros ficaram por alguns minutinhos na festa, mas foi o suficiente para deixar o menininho radiante. (Foto: Arquivo Pessoal)
Bombeiros ficaram por alguns minutinhos na festa, mas foi o suficiente para deixar o menininho radiante. (Foto: Arquivo Pessoal)

Quando o menininho Pedro Henrique Pereira Pazeto ganhou o primeiro caminhãozinho de bombeiro aos 2 anos de vida e ouviu da mãe o que a profissão representa no dia a dia da humanidade, Pedro nunca mais parou de dizer aos pais: “Quero salvar vidas”.

A mãe e dona de casa Eduarda Stephani Pereira Antônio, 24 anos, conta que quando explicou que bombeiros salvam vidas, mas também entram em lugares que pegam fogo, ela logo questionou se o filho teria coragem de encarar a profissão. “Foi então que eu ouvi dele um 'sim' e, em seguida, 'quero salvar vidas também, mamãe'”, reproduz Eduarda emocionada.

De lá pra cá, ele nunca deixou de admirar a profissão e, neste ano, para seu aniversário de 4 aninhos, ele pediu aos pais que o tema fosse Corpo de Bombeiros. Depois de pensar na decoração, nos convidados e nos detalhes que envolvem uma festinha infantil, Eduarda e o marido Digelson Pazeto de Moraes Junior, de 30 anos, que é militar do Exército, tomaram outra atitude.

Juntos, eles foram, na última sexta-feira (21), até o Quartel Coronel Antonino do 6° Grupamento de Bombeiros Militar. Lá, pediram para os profissionais irem à festinha de Pedro neste sábado (22). Os bombeiros ficaram felizes com o pedido, porém explicaram que não era possível confirmar uma presença, uma vez que ocorrências que exigem a unidade têm prioridade a qualquer instante.

Mas os bombeiros não se esqueceram do pedido dos pais e, ontem, durante alguns minutos sem nenhuma ocorrência, apareceram de surpresa na festinha de Pedro, que mora no Norte Parque. Os militares não ficaram a festa toda, a visita durou alguns minutinhos, com direito a parabéns e muitos agradecimentos a Pedro pela sua admiração e vontade de salvar vidas.

“Ele ficou maluco de emoção quando viu a sirene e as luzes da ambulância. Começou a dizer que a festinha dele tinha bombeiro de verdade. Toda a vizinhança saiu na rua para ver”.

Ao estacionar, um dos profissionais desceu do veículo perguntando por Pedro e isso deixou o menininho ainda mais radiante. “Eu tremia de emoção”, descreve a mãe.

Pedro não foi autorizado a entrar no veículo, mas é claro que a corporação resolveu dar um presentinho extra. “Eles deixaram um convite para que a gente leve o Pedro até a corporação e ele possa ver de pertinho o caminhão dos bombeiros e também os profissionais. Isso nos deixou ainda mais radiantes. Eu só tenho a agradecer pela tamanha sensibilidade da equipe”.

Depois dos parabéns, da visita surpresa e da alegria de Pedro, mãe e pai ressaltaram uma esperança.

“Acreditamos que nosso filho será um menino de bem e vai sim salvar muitas vidas”.

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Curta o Lado B no Facebook e Twitter. Tem uma pauta bacana para sugerir? Mande pelas redes sociais, e-mail: ladob@news.com.br ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563.

Nos siga no Google Notícias