ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, SEXTA  27    CAMPO GRANDE 28º

Comportamento

Buzinaço faz “profe” chorar com as crianças que ensinou a ler e escrever

Ao alto e bom som da criançada, a aniversariante “ganhou o dia” com homenagem presencial que recebeu pelo sucesso de educadora

Por Raul Delvizio | 30/09/2020 06:20

A “profe” Bia teve o melhor aniversário dos últimos tempos. Mesmo com as dificuldades da pandemia, conseguiu pré-alfabetizar à distância uma turma inteira de crianças que leciona no Colégio Dom Bosco. A recompensa só pelo dever cumprido poderia ter parado por aí, mas as mães dos alunos resolveram preparar uma surpresa bem no dia do aniversário dela, em maior clima de festa. Agradecimento que também contou com a alegria e diversão da criançada.

“Foi super legal!”, gritaram ao mesmo tempo todas as 10 crianças presentes. Com buzinaço dos carros, cartaz e confete, a professora recebeu na sequência a correria dos pequenos para um abraço coletivo de muita saudade – dia em que o gesto carinhoso e presencial teve permissão concedida pelas mães.

Feliz da conta, "profe" Bia tirava foto junto às crianças (Foto: Paulo Francis)
Feliz da conta, "profe" Bia tirava foto junto às crianças (Foto: Paulo Francis)
Até flores a educadora recebeu, um buquê de girassóis, suas favoritas (Foto: Paulo Francis)
Até flores a educadora recebeu, um buquê de girassóis, suas favoritas (Foto: Paulo Francis)

Ainda em choque com a presença das crianças ali, a educadora mal conseguia falar. “Ainda estou toda emocionada com a homenagem, continuo aqui tremendo”. Ao se acalmar, a educadora Beatriz Bezerra, de 41 anos, conversou com o Lado B.

“A surpresa foi dupla. Primeiro pela capacidade de adaptação dos alunos com as aulas on-line, e do modo como cada um foi desenvolvendo e aprendendo ao seu tempo. Em segundo, agora com essa homenagem bem no dia do meu aniversário”, enfatizou.

Mas não foi à toa que a “profe” Bia ganhou essa celebração surpresa. “Nós admiramos muito a pessoa dela, tudo que ela já fez. Vestiu a camisa dos nossos filhos, teve a maior paciência, buscou as mais diferentes atividades. Até já se fantasiou de Emília do Sítio do Picapau Amarelo em uma das aulas temáticas”, contou uma das mães.

Essa é turma de pequenos do Infantil 3 da professora Beatriz (Foto: Paulo Francis)
Essa é turma de pequenos do Infantil 3 da professora Beatriz (Foto: Paulo Francis)
Reunidas, mães tiveram a ideia e colocaram a surpresa em prática (Foto: Paulo Francis)
Reunidas, mães tiveram a ideia e colocaram a surpresa em prática (Foto: Paulo Francis)

Quem teve a ideia do buzinaço foi a servidora pública Marley Ferreira. Em um grupo de mensagens, as mães foram se ajudando cada qual ao seu modo. Teve quem fez bolo, adesivagem, outra ficou responsável por combinar os detalhes com a coordenação da escola, e mais.

“Conseguimos guardar a surpresa até para as crianças! Deu super certo. Neste ano, em que foi tudo virado do avesso, tivemos a maior sorte de contar com a Bia. Mas também a homenagem serve para todos os educadores que estão na linha de frente buscando o melhor para muitos e muitos alunos”, afirmou Marley.

Beatriz só tem o que concordar. “A gente que é professor tá trabalhando mais do que antes, aprendendo a se virar pelo computador, a editar vídeo, não apenas passar o conteúdo do dia, mas ‘ser’ a própria aula. Me entrego por eles. Então foi lindo o que acabei ganhando de volta”, finaliza.

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram. Tem uma pauta bacana para sugerir? Mande pelas redes sociais, e-mail: ladob@news.com.br ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563.

"Bia, te amo, assinado Raphael", diz esta mensagem do pequeno (Foto: Paulo Francis)
"Bia, te amo, assinado Raphael", diz esta mensagem do pequeno (Foto: Paulo Francis)
"Feliz aniversário", diz a mensagem da menina Maria Luíza (Foto: Paulo Francis)
"Feliz aniversário", diz a mensagem da menina Maria Luíza (Foto: Paulo Francis)


Nos siga no Google Notícias