ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEXTA  30    CAMPO GRANDE 22º

Comportamento

Cactos de Rafael motivaram criação de grupo no Whats para trocar muda de plantas

Acadêmico divulgou coleção da planta e animou amigos a fazerem o mesmo; única regra é entrar com uma muda para troca

Por Danielle Valentim | 11/01/2020 07:59
Cantinho criado por Rafael, no Bairro Coophatrabalho. (Foto: Arquivo Pessoal)
Cantinho criado por Rafael, no Bairro Coophatrabalho. (Foto: Arquivo Pessoal)

Um dia você é jovem e no outro está compartilhando muda de planta em grupo de WhatsApp. Na contramão de coisas materiais, o acadêmico de Artes Visuais da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), Rafael Dantas, motivou a criação de um grupo para trocar mudas de plantas.

Aos 23 anos, Rafael adora cactos e de tanto postar sua coleção nas redes sociais animou os amigos a fazerem o mesmo. “Minhas primeiras trocas de muda, antes do grupo, eram com meu próprio namorado. Eu moro no Coophatrabalho e a família dele no sítio Colina próximo à UCDB. Foi de lá que eu trouxe as primeiras plantas. Eles têm uma plantação enorme de diversas espécies, foi a partir daí que repaginei meu quintal”, conta.

Cactos de Rafael estão crescendo.
Cactos de Rafael estão crescendo.
Coleção do acadêmico toda organizada.
Coleção do acadêmico toda organizada.

O exercício de colecionar plantas foi tão incentivador que Rafael precisou pensar numa solução. “Uma amiga sugeriu que eu criasse o grupo e rapidamente somaram 10 participantes”, pontua.

A acadêmica de Artes Visuais pela UFMS, Thais Soares Vieira, 26 anos, é fã das folhagens, cactos e suculentas em geral. Foi ela quem sugeriu a criação do grupo. Em uma nova casa, aos poucos, começa a organizar o cantinho de plantas.

"Eu, o Rafael e mais dois amigos já tínhamos um grupo no Whats, daí num papo sobre dúvidas de nomes de plantas e "ah, eu quero uma muda dessa, traz pra mim" eu soltei aleatoriamente um "vamos montar um grupo de troca de plantas" e logo depois o Rafael fez o grupo e já foi adicionando o pessoal", conta.

Como o grupo foi criado recentemente, Thaís ainda não fez nenhuma nova troca. "Não tive tempo ainda de me encontrar com o pessoal (risos), mas já estamos compartilhando fotos de plantinhas e mudas que temos e já estamos querendo fazer um rolê só pra trocar as plantinhas", garante.

Para se juntar ao grupo, basta procurar o Rafael pelo Facebook ou Instagram. A única regra é respeitar o 1x1, ou seja, você envia a foto da muda de planta no grupo e espera a troca acontecer. É preciso ter uma planta para a transação.

Curta o Lado B no Facebook e Instagram. Tem uma pauta bacana para sugerir para a gente? Manda pelas redes sociais, e-mail: ladob@news.com.br ou no Direto das Ruas, Whats do Campo Grande News, 9-9669-9563.

Trocas de mudas de Rafael começaram com o namorado.
Trocas de mudas de Rafael começaram com o namorado.
Área verde do local foi trabalhada pelos moradores.
Área verde do local foi trabalhada pelos moradores.
Maioria das mudas de Rafael foram retirados do Sítio Colina.
Maioria das mudas de Rafael foram retirados do Sítio Colina.
Nos siga no Google Notícias