A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 24 de Setembro de 2018

04/12/2016 07:05

Com franquia nova, fãs de Harry Potter aproveitam para marcar encontros

Naiane Mesquita
Jovens se encontraram para ler o primeiro livro de Harry Potter (Foto: Naiane Mesquita)Jovens se encontraram para ler o primeiro livro de Harry Potter (Foto: Naiane Mesquita)

O filme "Animais fantásticos e onde habitam" conquistou a maioria dos fãs de Harry Potter e, de quebra, fez um sentimento há muito tempo deixado para trás ressurgir, o desejo de visitar novamente todo o universo. Por isso, os admiradores da saga promoveram um encontro na tarde de ontem na Livraria Lê com o propósito de discutir a primeira edição literária da história, "A Pedra Filosofal".

Tudo bem que durante grande parte do tempo eles discutem qual a "casa" mais legal de Hogwarts, escola de magia e bruxaria fictícia do universo. Entre Corvinal, Lufa-Lufa e Sonserina, falta quem seja adepto de Grifinória, o grupo no qual os protagonistas participavam, talvez uma demonstração do quanto a saga está preparada para seguir em frente.

Simy, de azul, levou a varinha e o livro (Foto: Naiane Mesquita)Simy, de azul, levou a varinha e o livro (Foto: Naiane Mesquita)

"A gente se conheceu por acaso, por causa da estreia do filme, Animais Fantásticos e Onde Habitam. Organizamos um grupo no Facebook para a estreia e começamos a marcar encontros. Fomos lanchar juntos, marcamos um encontro na Leitura e agora esse para ler novamente o primeiro livro", explica Lislley Raquel Damazio, 22 anos, professora de espanhol.

Entre lembranças do filme ainda no formato VHS, o desejo por capas especiais ou edições de ouro, parece que Harry Potter caminha para se tornar um clássico da cultura no futuro. "Nós somo s do tempo que não tinha muito artigo, a nossa varinha era galho, precisava pedir para um amigo buscar uma imagem do Daniel Radcliffe (intérprete de Harry Potter no cinema) e imprimir para colar na parede. Foram outros tempos", acrescenta a jornalista Beatriz Cruz, 26 anos.

Jovens aproveitaram para usar as vestes inspiradas no filme (Foto: Naiane Mesquita)Jovens aproveitaram para usar as vestes inspiradas no filme (Foto: Naiane Mesquita)

O último livro da saga, Harry Potter e as Relíquias da Morte foi lançado em 2007, enquanto o filme chegou aos cinemas em 2011. Desde então, muito tempo se passou, mas não para os fãs. "A história é muito boa, nunca é a mesma coisa, você lê com outra maturidade também. Quando você lê aos 11 anos tem uma interpretação, aos 20 é outra coisa e assim por diante", acredita Lislley.

Para quem tem mais de 20 anos, perceber que a história terá ramificações é especial. "Eu assisti a primeira vez quando lançou o filme, em 2001, eu acho. Desde então eu sou fã, li todos os livros. Gostei bastante nessa época e até hoje tornou-se algo marcante", frisa Simy Caroline Suzukawa.

O verde é a cor tradicional da casa Sonserina (Foto: Naiane Mesquita)O verde é a cor tradicional da casa Sonserina (Foto: Naiane Mesquita)
Os primeiros livros tem um toque de saudosismo (Foto: Naiane Mesquita)Os primeiros livros tem um toque de saudosismo (Foto: Naiane Mesquita)

A ideia do grupo é atrair mais leitores para o universo, principalmente com o lançamento de outro livro Harry Potter e a Criança Amaldiçoada, um roteiro de peça de teatro, e o filme Animais Fantásticos e Onde Habitam, que terá continuações com a história mostrando como os bruxos vivem em outras partes do mundo, como Estados Unidos.

Para manter isso vivo, os jovens criaram o grupo Ordem de Merlin, que marca encontros pelo Facebook. A participação é aberta. "É só entrar em contato que vamos organizando outros encontros", explica Lislley.



imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.