ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, TERÇA  23    CAMPO GRANDE 31º

Comportamento

Prazo para adoção de cartas de Natal em MS termina dia 15 de dezembro

Em outros estados adoção vai até dia 20 deste mês, mas em MS não haveria tempo para entrega de presentes

Por Gustavo Bonotto | 05/12/2023 23:35
Cartas entregues à agência dos Correios, em Campo Grande. (Foto: Arquivo/Campo Grande News)
Cartas entregues à agência dos Correios, em Campo Grande. (Foto: Arquivo/Campo Grande News)

Boneca, carrinho, bola, roupa e sapato são os presentes de Natal mais pedidos pelas crianças brasileiras por meio da campanha Papai Noel dos Correios. Apesar do prazo da campanha ter sido estendido para o dia 20 de deste mês em outros estados, em Mato Grosso do Sul a data limite permanece no dia 15. Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Em Mato Grosso do Sul, foram recebidas 9,7 mil cartinhas, sendo 7,7 mil só em Campo Grande. Até esta terça-feira foram adotadas 8 mil, com isso, ainda estão disponíveis 1,7 mil pedidos disponíveis. A ação abrange crianças de instituições de ensino matriculadas até o 5º ano do Ensino Fundamental. Clique aqui e adote uma.

A campanha, realizada há 34 anos pela empresa, começou com uma ação de solidariedade dos funcionários dos Correios. Ao ver cartinhas para o Papai Noel deixadas pelas crianças nas caixas de correio, os carteiros acabaram se mobilizando para atender os pedidos. Mais tarde, a empresa criou um programa corporativo para disponibilizar as cartas para adoção por toda a sociedade.

Segundo a diretora de Governança e Estratégia da estatal, Juliana Picoli Agatte, os pedidos das crianças quase sempre são simples, e a adoção das cartinhas faz bem também para quem presenteia. “Às vezes, parece difícil despender um tempo do seu dia para comprar um presente, mas vale a pena parar um momento, é gratificante. Isso é bom para a gente também.”

(*) Com informações de Agência Brasil.

* Matéria editada para correção de informações. 

Receba as principais notícias pelo celular. Clique aqui para entrar no canal do Campo Grande News.

Nos siga no Google Notícias