ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, QUINTA  13    CAMPO GRANDE 24º

Comportamento

Criança que viajou 700 km para ver Galo de perto emociona a internet

A imagem da menina de 9 anos emocionada ao lado do Atlético Mineiro tem rodado as redes sociais

Por Idaicy Solano | 30/04/2024 06:59
Marina se emocionou ao entrar em campo ao lado de jogadores do Atlético Mineiro, seu time do coração (Foto: Reprodução/Redes Sociais)
Marina se emocionou ao entrar em campo ao lado de jogadores do Atlético Mineiro, seu time do coração (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

O fim de semana de Marina Peixoto de Oliveira Leite, de 9 anos, não poderia ter sido mais especial e emocionante. Torcedora fiel do Atlético Mineiro, ela percorreu 700 quilômetros para ter a oportunidade de desfilar pelo campo com o time, em cerimônia que antecedeu a partida que aconteceu em Cuiabá (Mato Grosso), no último sábado (27).

Com o uniforme do time, o mascote em uma das mãos, e a outra direto no coração, o momento arrancou lágrimas da jovem torcedora e suspiros da plateia. As imagens de Marina ganharam as redes sociais e foram divulgadas na página oficial do clube.

Conforme relata o pai da criança, o advogado Paulo Leite, 48, a saga para tornar o sonho de Marina realidade começou nos grupos de torcedores do Atlético Mineiro, em que ele conseguiu o contato da funcionária do clube responsável pelos “mascotinhos” - nome carinhoso usado para se referir às crianças que acompanham os jogadores. Através desse contato, ele conseguiu realizar o sonho da filha de entrar em campo com os jogadores.

O advogado relata que saíram de Campo Grande às 5h e chegaram em Cuiabá às 14h. Só deu tempo de chegar no hotel, se arrumar para o jogo e sair, pois a partida começava às 18h30 e Marina precisava estar pronta para entrar em campo às 16h30.

A paixão pelo futebol e o amor pelo Atlético Mineiro estão no sangue. Paulo conta que sua família é de Minas Gerais (Estado onde foi fundado o time), e Marina é prima de João Leite, que foi goleiro do Galo nas décadas de 80 e 90, além de boa parte da família ser atleticana.

A mãe de Marina, a odontóloga Laura Ramos Peixoto, 42, conta que Marina sempre amou esportes e treina ginástica artística desde os sete anos de idade. Porém, o interesse pelo futebol veio há aproximadamente um ano e meio, de forma natural. Como o pai é “torcedor fanático”, ela cresceu acostumada a ver e ouvir falar sobre futebol.

“Ela está sempre ligada nos jogos e nas notícias relacionadas ao time. A gente tem certeza que, depois de ter realizado o sonho de conhecer os jogadores que ela tanto admira, esse sentimento pelo Atlético Mineiro só vai aumentar. E nós vamos continuar incentivando. A próxima meta é conhecer a Arena MRV, casa nova do Galo que foi estreada em agosto do ano passado”, declara a mãe.

Siga o Lado B no WhatsApp, um canal para quebrar a rotina do jornalismo de MS! Clique aqui para acessar o canal do Lado B e siga nossas redes sociais.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias