A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 24 de Setembro de 2018

28/09/2017 07:02

Delivery ganha nova função e também vai recolher doações nas casas dos clientes

Ideia é facilitar a solidariedade e funcionar como ponte entre quem quer doar e quem precisa receber

Mariana Lopes
Ideia é aproveitar o serviço de delivery para entregar as doações (Foto: André Bittar)Ideia é aproveitar o serviço de delivery para entregar as doações (Foto: André Bittar)

Um projeto em Campo Grande quer dar nova função ao serviço de delivery oferecido na cidade. Ao mesmo tempo, a ideia é motivar as pessoas a praticar o bem. De maneira simples e bastante prática, alguns estabelecimentos do setor gastronômico irão incluir as doações de clientes na rotina das entregas.

Vai funcionar assim: a pessoa liga em um dos estabelecimentos parceiros do projeto, faz o pedido da comida por telefone e na hora que a encomenda chegar ao destino, a pessoa entrega alguma doação ao entregador. Por enquanto, a campanha é para arrecadar alimentos não perecíveis.

O projeto foi idealizado pelo funcionário público Guilherme Lazaroto, 32 anos, e pelo corretor de seguros Luis Felipe França, 28 anos, com a proposta de facilitar os processos de doações.

"Às vezes as pessoas querem doar, fazer o bem, mas com a correria que vivemos hoje em dia, nem sempre sobre tempo e disposição para ir aos lugares fazer isso. Mas desta forma é prático, pois a pessoa aproveita de um serviço que ela já faria, e sem precisar sair de casa", explica Guilherme.

Vale ressaltar que ao doar um alimento não perecível, como um saco de arroz, de feijão, macarrão, por exemplo, a pessoa ainda pagará pela comida que pediu. Não é uma troca, mas sim uma doação que será feita atrás do serviço contratado.

Outro ponto que Guilherme enfatiza é que o projeto é totalmente voluntário e sem fins lucrativos. "Tivemos alguns problemas para conseguir parceiros por causa da desconfiança, nem todos estabelecimentos que procuramos acreditaram que estávamos fazendo isso sem lucrar", desabafa.

Contudo, para o funcionário público, esta corrente do bem que ele pretende ver crescer vale muito mais do que qualquer retorno financeiro. "Vi um projeto parecido em São Paulo e acredito que tem tudo para dar certo aqui. Nem vai me ocupar tanto tempo e nem vou gastar muito com isso, mas em compensação, vamos juntos conseguir ajudar muitas pessoas", afirma.

A primeira doação de alimentos será feita na segunda quinzena de outubro e vai para o projeto social Lar da Criança Peniel. A proposta é juntar os alimentos arrecadados durante um mês inteiro e a cada 30 dias fazer a doação a uma instituição diferente.

Fazem parte do projeto os estabelecimentos que trabalham com o serviço delivery Dominu's Pizza, Koni, Spoleto, China In Box, Canil Lanches, Villa da Pizza, Sumida Sushi, Novinho Lanches, Áquila Burguer, Pizza House, Gold Lanches, Pizza do Bigode, Masseria, Rodrigo Sanduba, Delícia Pizza, Da Casa Pizzaria, Tommaso Pizzaria e The Burguer Shop.



imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.