A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 15 de Agosto de 2018

22/12/2017 12:00

Enfermeiras fazem ensaio com gestantes no Tarumã para mostrar poder da gravidez

Gestar é um projeto criado por profissionais do HU para apoia as mulheres em todas as fases da gestação

Thailla Torres
Ensaio foi uma das primeiras propostas do projeto Gestar. Ensaio foi uma das primeiras propostas do projeto Gestar.

Na UBSF (Unidade Básica de Saúde da Família), do Jardim Tarumã, um projeto social surgiu para transformar a vida de gestantes. Antes do parto, são inúmeras dúvidas sobre os cuidados, conforto e segurança à criança que está prestes a vir ao mundo. Uma tarefa que nem sempre é fácil para as mamães de primeira viagem.

Por esse motivo, as enfermeiras residentes em obstetrícia no Hospital Universitário, Patrícia de Rezende Seixas, de 27 anos, e Jéssica Klener Lemos, de 29, criaram um porto seguro no projeto "Gestar", que atende cerca de 80 grávidas de baixa renda.

A primeira iniciativa foi promover uma sessão de fotos, de maneira simples, para demonstrar as mulheres acolhimento nesta nova fase da vida. O projeto também realiza reunião especial todo mês, na UBSF do Tarumã, que envolve equipe multidisciplinar, para orientação e apoio na superação de todas as dificuldades diante do desafio de ser mãe. "Também projetamos perspectivas de vida para as mulheres", explica Patrícia.

Mamães que também tiveram bebê toparam as fotos. Mamães que também tiveram bebê toparam as fotos.
E quem ainda não tinha sido fotografa, ficou feliz.E quem ainda não tinha sido fotografa, ficou feliz.
O ensaio foi simples, mas significou muito para mães que tiveram um atendimento especial.O ensaio foi simples, mas significou muito para mães que tiveram um atendimento especial.

"Tudo é pensado como forma de recomeço para muitas mães, que ao longo do caminho, perdem a auto-estima e a segurança sobre a gestação. Implementamos esse projeto porque vimos a necessidade de um grupo acolhedor para dar a elas mais autonomia sobre esse momento", ressalta.

Por isso, a fotografia foi o primeiro passo para que as mamães se sentissem à vontade e, principalmente, pudessem resgatar a autoestima. "A enfermagem está muito ligada a humanização e a gente sempre comentava da vontade de fazer um ensaio fotográfico, enquanto elas sempre sempre demostraram muito interesse".

O convite foi feito e três mães toparam a ideia. "Elas colocaram as fotos até nos perfis das redes sociais. Isso mostra que as fotos mexem muito com a auto-estima da mulher. Isso ajuda a empoderar e mostrar o poder que elas tem com a gestação", comenta.

Além do apoio com informações sobre cuidados com o bebê antes e depois do nascimento, as enfermeiras oferecem palestras sobre o parto humanizado na rede pública de saúde. "Um parto livre de violência obstétrica e com segurança. Nosso foco é dar toda e qualquer informação que seja pertinente para que a mãe se sinta segura neste momento".

As gestantes interessada no projeto podem comparecer a UBSF Jardim Tarumã, que fica na Rua Fanorte, s/n, Tarumã. As reuniões acontecem toda última segunda-feira do mês. A participação é gratuita.

Informações pelo telefone: (67) : 3373-7122 (Das 7h às 11h e das 13h às 17h)

Integrantes e participantes do grupo Gestar. Integrantes e participantes do grupo Gestar.


imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.