ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, TERÇA  19    CAMPO GRANDE 25º

Comportamento

Família pede ajuda para Ingra vencer o câncer e voltar à Praça Bolívia

Ela tem 37 anos e luta contra a doença há quase dois anos

Por Tainá Jara | 05/11/2020 16:47
Ingra Padilha participa de grupo de danças típicas da Bolívia (Foto: Geraldo Duarte)
Ingra Padilha participa de grupo de danças típicas da Bolívia (Foto: Geraldo Duarte)

Sorriso aberto e roupas típicas são os elementos indispensáveis para Ingra Padilha, de 37 anos, alegrar o primeiro domingo de cada mês na Praça Bolívia. Para voltar a dançar e animar o público do tradicional evento cultural de Campo Grande, os familiares dela pedem ajuda para custear tratamento contra o câncer.

Ingra faz parte do grupo de dança T’ikay, que executada danças típicas bolivianas, e ajuda promover a cultura do país fronteiriço na Capital.  Há quase dois anos ela luta contra o câncer.

A doença foi identificada nas mamas em dezembro de 2018. Na época, ela realizou cirurgia para a retirada dos seios. Porém, em setembro de 2019, foi identificada uma metástase cerebral, sendo necessária nova cirurgia.

Ingra se apresenta na Praça Bolívia há mais de dez anos (Foto: Divulgação/Facebook)
Ingra se apresenta na Praça Bolívia há mais de dez anos (Foto: Divulgação/Facebook)

Neste ano, mais um tumor foi identificado no cérebro e Ingra passou por mais um procedimento, que acabou a deixando com algumas sequelas neurológicas.

“Estou com problemas de locomoção e fala. Para minha recuperação, preciso da ajuda de uma fisioterapeuta e uma fonoaudióloga, além de uma cadeira de rodas”, diz texto que acompanha a campanha de arrecadação.

Amigo da bailarina, o jornalista Geraldo Duarte já colaborou e lembra que ela atua há mais de dez anos na programação da Praça Bolívia. “Fiquei muito abalado. Ela ensinou a minha filha a dançar”, relembrou.

A meta é arrecadar R$ 27 mil e as doações chegavam a R$ 7.161,90 até a tarde de hoje. Quem quiser pode contribuir no site da vaquinha on-line.

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram. Tem uma pauta bacana para sugerir? Mande pelas redes sociais, e-mail: ladob@news.com.br ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário