A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 25 de Setembro de 2017

07/09/2017 07:05

Irmãos criados na Holanda chegam a Campo Grande para conhecer a família

Mariana Lopes
Família reunida (Foto: André Bittar)Família reunida (Foto: André Bittar)

Depois de dois anos na expectativa de encontrar a família biológica, os irmãos Davi e Danilo chegaram a Campo Grande na manhã desta quarta-feira (6). A história dos dois ficou conhecida por causa da busca pela mãe, Cristiane do Prado Francisquini, que já foi divulgada pelo Lado B. Os irmãos foram adotados por um casal de holandeses há 20 anos e desde então moram no exterior. Esta é a primeira vez que eles vêm ao Brasil para conhecer os familiares.

Pouco antes do horário previsto para o avião pousar na Capital, os parentes brasileiros já armaram a festa em frente à porta de desembarque do aeroporto. Com bexigas e cartazes, tios e primos não escondiam a felicidade pelo momento.

A cada vez que a porta automática se abria, era um grito que todos da família soltavam. Mas Davi, Danilo e os pais adotivos foram quase os últimos a deixarem a sala de desembarque. Quando, enfim, apareceram do lado de fora, a emoção tomou conta de todos.

Os dois ficaram parados por alguns segundos olhando a cena calorosa que a família protagonizava. O sorriso já estava estampado nos rostos e os abraços vieram em seguida.

Um pouco de longe, os pais adotivos Annemie e Huub Houbem observavam emocionados o encontro. Os dois choraram bastante desde o momento em que viram os familiares reunidos com tanta alegria para recebê-los.

"Estou muito feliz em viver este momento com meus filhos. Eles sempre souberam que são adotados e sempre prometemos a eles que um dia iriamos trazê-los para o Brasil para conhecerem a família biológica. E esse dia chegou", diz Annemie.

A última vez que a família viu os meninos eles tinham 2 e 4 anos. Os contatos recentes foram feitos todos através de redes sociais. "Ficamos muito felizes quando a ONG da Holanda entrou em contato com a gente, não imaginávamos que um dia fossemos vê-los novamente", diz a prima Jaqueline.

Pais adotivos se emocionam com o encontro dos filhos com a família (Foto: André Bittar)Pais adotivos se emocionam com o encontro dos filhos com a família (Foto: André Bittar)
Felicidade e tristeza dividem sentimentos de Davi e Danilo (Foto: André Bittar)Felicidade e tristeza dividem sentimentos de Davi e Danilo (Foto: André Bittar)

Os meninos também pouco sabem a respeito da família paterna. A única informação que tiveram é que o pai de Davi já faleceu. Uma sobrinha do pai de Danilo foi encontrá-lo no aeroporto, pois o pais dele não conseguiu ir por causa do trabalho. Mas o encontro entre os dois deve acontecer durante a estadia do jovem aqui.

Este tempo em Campo Grande, além de aproveitarem para conviver com os familiares, os dois também vão atrás das pistas que têm da mãe. A última notícia foi de que ela estaria em uma fazenda em Ribas do Rio Pardo.

"Estando aqui na cidade é mais fácil o contato com a Justiça e também facilita com ir em busca das pistas que temos dela", explica a Liza da Silva, fundadora da ONG responsável por encontrar os parentes dos meninos. Ela veio junto para acompanhar e ajudar o processo em Campo Grande.

Davi, Danilo e os pais ficam na Capital até o dia 18 de setembro. Neste tempo, a expectativa é encontrar a mãe. "Estamos com um sentimento duplo de felicidade e tristeza. É muito bom ver nossa família, mas só será completo quando encontrarmos nossa a mãe", desabafa Danilo.

Veja como foi o momento do encontro no Aeroporto de Campo Grande.




imagem transparente
Busca

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2017 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.