ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUARTA  21    CAMPO GRANDE 21º

Comportamento

Já tentou de tudo e não aguenta mais? Curso ajuda pais a lidarem com os filhos

O evento é gratuito e ocorre neste sábado, na Escola Maple Bear, localizada na Rua Rodolfo José Pinho, 1386

Por Alana Portela | 21/09/2019 07:30
A educadora parental, Ariane Oshiro ministrará a o curso para os pais (Foto: Henrique Kawaminami)
A educadora parental, Ariane Oshiro ministrará a o curso para os pais (Foto: Henrique Kawaminami)

A missão de ser pai e mãe não é mole não. É criança pra cá, adolescente pra lá, é um “não faz isso”, “para com isso” que chega cansar. Para ajudar os pais que já tentaram de tudo com os filhos, mas não deu certo, acontece hoje às 15h a oficina “Não Aguento mais! O que fazer quando a gente já tentou de tudo?”, em Campo Grande. O evento é gratuito e ocorre na Escola Maple Bear, localizada na Rua Rodolfo José Pinho, 1386.

A oficina vai abordar a relação ao comportamento dos filhos, principalmente quando surge uma birra, um choro insistente ou uma desobediência. Para ajudar nesta vivência e na resolução dos conflitos, os participantes realizarão atividades práticas. O objetivo é promover a reflexão e um novo olhar sobre a infância.

Quem ministra o curso é a consultora materna, educadora parental e facilitadora de comunicação não violenta, Ariane Oshiro. Ela vai usar a Disciplina Positiva e na Comunicação não Violenta para a criação de bons hábitos e melhorar a comunicação, os limites e os padrões de relacionamento da família.

A oficina é gratuita, mas quem quiser poderá fazer uma contribuição para o grupo escoteiro Lobo Guará. As inscrições para participar podem ser feitas por este link.

Ofinina: Não Aguento mais! O que fazer quando a gente já tentou de tudo?
Data: Sábado (21 de setembro)
Horário: Das 15h às 17h.
Endereço: Escola Maple Bear Campo Grande, Rua Rodolfo José Pinho, 1386.

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram

Pais e filhos vão realizar atividades para melhorar o relacionamento (Foto: Henrique Kawaminami)
Pais e filhos vão realizar atividades para melhorar o relacionamento (Foto: Henrique Kawaminami)
Nos siga no Google Notícias