A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 21 de Setembro de 2018

23/03/2017 08:08

Mãe realiza sonho ao lado da filha autista e agora terá exposição

Thailla Torres
Aline Sophia, de 9 anos e a mãe Ana Sauter em ensaio fotográfico no Parque das Nações Indígenas. (Foto: Fernanda Vianna)Aline Sophia, de 9 anos e a mãe Ana Sauter em ensaio fotográfico no Parque das Nações Indígenas. (Foto: Fernanda Vianna)

A carta simples, com um pedido singelo, poderia ter vindo da filha de 9 anos, mas veio de uma mãe que luta diariamente contra o preconceito sobre autismo. Há poucos meses, a administradora Ana Sauter, de 38 anos, decidiu abrir o coração e dizer o que sonhava para dar um mundo diferente à filha e a tantas crianças que tem algum grau de TEA (Transtorno do Espectro Autista).

Cheia de esperança, ela conheceu o projeto Fábrica dos Sonhos, da Liga do Bem, que realiza trabalhos voluntários em Campo Grande. Pelas palavras, ela realizou o sonho de ter uma exposição fotográfica ao lado da filha e de outras crianças.

"Ano passado estive em uma palestra e o professor contou de uma exposição de fotos com o tema 'Autismo não tem cara'. Naquele momento eu comecei a sonhar com uma exposição parecida, falei com algumas mães do grupo de apoio que faço parte e chegamos a conclusão que seria fora do nosso alcance".

As crianças se surpreenderam com o colorido. (Foto: Fernanda Vianna)As crianças se surpreenderam com o colorido. (Foto: Fernanda Vianna)

Mas sem desistir, Ana resolveu escrever para a Liga. "Comecei a ver o trabalho deles nas redes sociais e meu coração ficou cheio de esperança. Quando mandei o pedido, recebi a notícia que meu sonho viraria realidade".

Ana é mãe de Aline Sophia, dona de um sorriso lindo aos 9 anos de idade. O diagnóstico veio quando a filha tinha 2 anos. De um lado o medo, do outro, a coragem para Ana compreender o que acontecia com Aline. "No primeiro momento não foi nada fácil e ainda não é. Tenho mais 3 filhos e o diagnóstico mudou a rotina da nossa casa. Não foi fácil ter uma pessoa com uma condição especial na família, digo que o autismo é um ladrão que rouba oportunidades, sonhos e expectativas que nos pais temos para nossos filhos", desabafa.

Com o ensaio o objetivo de Ana sempre foi mostrar despertar o olhar sensível das pessoas quanto as características de um criança autista. "É mostrar que autismo realmente não tem cara e na maioria das vezes, um autista não possui características aparentes de sua deficiência e também não corresponde aos comportamentos sociais considerados normais e isso muitas vezes desperta na sociedade olhares de preconceito", afirma.

Assim como o sonho de tantas mães, Ana só deseja comprensão e respeito. "O diagnóstico não é fácil de ser fechado, muitos pais passam por uma peregrinação até o diagnóstico exato e isso as vezes prejudica a intervenção precoce. É importante que haja uma melhor compreensão do que é ser um autista. Pra mim a exposição é uma maneira de trazer informação. Pois quando se conhece o nosso olhar fica mais sensível e com menos preconceito", acredita.

Fizeram de um domingo, um dia cheio de brincadeiras. (Foto: Fernanda Vianna)Fizeram de um domingo, um dia cheio de brincadeiras. (Foto: Fernanda Vianna)
Só teve espaço para a felicidade. (Foto: Fernanda Vianna)Só teve espaço para a felicidade. (Foto: Fernanda Vianna)

O ensaio aconteceu no Parque das Nações Indígenas com outras mães e crianças. A Liga do Bem montou um cronograma divertido, onde as fotos eram só um detalhe para as crianças. "Foi um momento único onde nossos filhos puderam agir livremente longe dos estigmas da sociedade, simplesmente sendo crianças. A minha emoção e das mães foi muito grande. Naquele momento não nos preocupamos com olhares de reprovação ou indagação... Acho que foram capturados momentos únicos de cada criança", descreve.

Com paraquedas de bolinhas, fitas ao vento, bolinhas de sabão, boliche e até slackline. As crianças se envolveram e o resultado foi um encantamento. Após as brincadeiras, um piquenique gigante onde pais e crianças, compartilharam amor, carinho e sorriso. 

Exposição - O sonho de Ana agora pode ser visto pelo mundo de maneira gratuita do dia 31 de março a 2 de abril no Shopping Campo Grande.

Curta o Lado B no Facebook.

 

Depois de toda brincadeira, um piquenique gigante foi feito para fechar o ensaio. (Foto: Fernanda Vianna)Depois de toda brincadeira, um piquenique gigante foi feito para fechar o ensaio. (Foto: Fernanda Vianna)


imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.