ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SEGUNDA  26    CAMPO GRANDE 23º

Comportamento

Maioria diz que abandonou rodinha de tereré na pandemia

Parece que não é nenhuma novidade, mas em quase 1 ano de pandemia, covid-19 "murchou" as rodinhas de tereré

Por Thailla Torres | 28/02/2021 07:15
Tereré é bebida que foi celebrada neste sábado (Foto: Henrique Kawaminami)
Tereré é bebida que foi celebrada neste sábado (Foto: Henrique Kawaminami)

Logo nos primeiros dias de pandemia em Campo Grande, em março de 2020, inúmeras recomendações foram passadas para evitar o contágio. É claro que em Mato Grosso do Sul o hábito de tomar tereré dividindo o copo também entrou na lista de recomendações do que não fazer para se proteger.

Neste sábado (27), quando foi celebrado o Dia Nacional do Tereré, o Campo Grande News perguntou se os leitores conseguiram abrir mão das rodinhas durante a pandemia do novo coronavírus. O resultado indicou que a maioria, 83% dos votos, escolheu abandonar a rodinhas de tereré para se proteger durante a pandemia.

Concordando com a maioria, lojistas da cidade que sobrevivem da venda de ervas de tereré e acessórios, afirmam que que viram as vendas de acessório aumentar consideravelmente nos últimos meses por conta da pandemia.

Acredita-se que a prevenção tenha feito boa parte dos campo-grandenses adquirirem seu próprio copo e bomba para não dividir a bebida gelada com ninguém e assim evitar a contaminação através do hábito de tomar tereré.

No entanto, 17% confessaram que ainda se arriscam nas rodinhas.

Veja a reportagem completa sobre o aumento das vendas de acessórios.

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram. Tem uma pauta bacana para sugerir? Mande pelas redes sociais, e-mail: ladob@news.com.br ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário