A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 15 de Agosto de 2018

20/12/2017 08:43

Milena vira paquita e dança as músicas da sua vida em festa de 40 anos

A educadora física precisou chegar ao 40 para cuidar mais de sua saúde e só então pôde celebrar a vida

Thais Pimenta
Milena ao lado do filme de sua vida. (Foto: Acervo Pessoal)Milena ao lado do filme de sua vida. (Foto: Acervo Pessoal)

A vida de Milena dos Santos Vasconcelos começou aos 40 anos. Ao menos, ela despertou pra vida nessa idade, e decidiu comemorar em grande estilo realizando um sonho: o de voltar a dançar, se apresentando ao lado de uma grande amiga e de sua nora

A festa aconteceu no último sábado (16). Foram convidados só os amigos íntimos mas ninguém imaginava que a aniversariante se transformaria em uma verdadeira dançarina, acompanhada de duas paquitas, no evento.

Professora de educação física, Milena conta que sempre gostou muito de dança. “Eu tinha um sonho de me tornar dançarina mas a gravidez na adolescência me privou disso. Por isso segui na educação física. Mas mesmo não tendo seguido carreira, eu dei aula por cinco anos da disciplina na escola Viva”, diz.

Sidnéia, Milena e Gabriela em cena. (Foto: Acervo Pessoal_Sidnéia, Milena e Gabriela em cena. (Foto: Acervo Pessoal_

 

Foi no aniversário de 38 anos que a ficha caiu pra Milena. “Estava comemorando em um restaurante e eu me toquei que faria 40 anos depois de dois anos. A partir daí comecei a me preocupar com minha saúde e meu peso. Meu maior medo é de ficar doente. Quero ser uma avó ativa, estar presente, e pra isso preciso estar bem”.

Ela completa: "Pensei em envelhecer com saúde e preparei minha cabeça por um ano para os 40. Hoje tenho convicção de tenho a vida toda pela frente, estou na minha melhor fase, perdi 7 quilos e ganhei massa magra".

Mesmo sempre tendo praticado exercícios, ela buscou orientação médica para mudar seus hábitos alimentares e, para brindar as positivas mudanças, começou a planejar a festança de aniversário. “Primeiro convidei a Sidinéia, minha amiga desde a faculdade. Ela topou na hora mesmo nunca tendo se apresentado em público. Meu filho começou a namorar uma menina e eu pensei que a segunda pessoa podia ser ela, convidei a Gabriela e ela adorou”.

A aniversariante foi professora das duas. “Começamos a ensaiar em julho deste ano, nos encontrávamos todo mês. Quando foi chegando o dia a gente se reuniu com mais frequência e foi uma verdadeira realização pessoal aquele momento”.

 

 

Milena decidiu separar os quarenta anos em quatro décadas de vida, sendo cada uma dessas representada por meio da dança. "Escolhi só música que eu curtia mesmo", lembra.

A primeira década contou com a ilustre presença dos filhos da professora, Mateus Vasconcelos Braga e Murilo Vasconcelos. "Eles representaram a primeira década da minha vida". Juntos, eles dançaram ao som de Village People, Menudo e o Michael Jackson.

Gabriela e Sidnéia entraram em cena a partir da segunda década e encantaram o público dançando Xuxa, News Kids on The Bloc, Corona, Macarena e É o Tchan. "Foi muito libertador porque quando criança eu queria ser paquita. Aos 40 dancei Xuxa ao lado de duas lindas paquitas", brinca.

O funk dos anos 90 ganhou espaço na terceira década, a mais animada da noite. Bonde do Tigrão, Mc Créu, Hey Ya, do Outkast, e Ivete Sangalo foram os artistas escolhidos por Milena.

A última fase, década 4 na história de vida da educadora, teve Shakira, Psy, Kuduro e até Despacito.

Para os cinquenta anos, Milena já escolheu o tema da festa. "Quero dançar muito dança de salão. Será a quinta década de realizações na minha vida, mas ainda tenho muito tempo pra pensar nisso", finaliza.

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram.



imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.