ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, DOMINGO  13    CAMPO GRANDE 15º

Comportamento

Morador de rua conhecido por amor a cão devolve carteira com R$ 680

Gesto de honestidade chamou atenção de comerciantes e seguidores nas redes sociais

Por Lucas Mamédio | 17/01/2021 09:32
Morador de rua entregou carteira em estabelecimento da cidade (Foto: Arquivo Pessoal)
Morador de rua entregou carteira em estabelecimento da cidade (Foto: Arquivo Pessoal)

O comerciante Fernando Santana e seu sócio Manoel Cavalcante, donos de um espetinho no Avenida Mato Grosso testemunharam uma atitude nobre na última sexta-feira. Fernando expôs nas redes sociais que um morador de rua, conhecido por andar com cachorrinho na cidade, devolveu uma carteira com R$ 650,00 em dinheiro e R$ 30,00 em cheque após encontrar o objeto jogado no chão.

O fato aconteceu surpreendeu os comerciantes e os clientes presentes. “Ele dorme em frente ao nosso espero, numa espécie de garagem aberta que tem em uma clínica veterinária. Enfim, ele pediu um espetinho completo, pagou e depois voltou com a carteira que tinha R$ 680”, explica Manoel.

O morador, que segundo os comerciantes, não identificou seu nome, entregou a carteira, mas, reforçou que havia pagado espetinho com o dinheiro dele, e que não tinha pegado nada na carteira.

“Daí devolveu e pediu para que déssemos um jeito de achar o dono da carteira. Imediatamente um cliente disse: “por favor, não cobre dele, pois quero pagar o jantar dele”. E assim foi feito!

Antes de ir embora ele ainda deu um presente aos donos do estabelecimento. “Ele me disse: “Gosto muito de você, pois sempre que venho aqui, vocês me tratam muito bem. Lhe trouxe um presente que fiz pra você”, e me deu um desenho”, conta.

O dono da carteira foi encontrado. “Depois o dono da carteira veio e disse que queria pagar um jantar pra ele, mas daí falei pra procurar o morador de rua na garagem que ele dorme e retribuí-lo conforme achasse melhor, pois já havia jantado”.

Manoel conta que o morador sempre janta no seu espeto, e todas as vezes paga. “Abrimos tem 4 meses e ele de vez em quando vem jantar conosco. Por várias vezes ofertamos o jantar dele, porém, em várias situações ele faz questão de pagar”, diz. “É a tal da dignidade do ser humano”, conclui.

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram. Tem uma pauta bacana para sugerir? Mande pelas redes sociais, e-mail: ladob@news.com.br ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário