A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 18 de Outubro de 2018

13/06/2018 06:55

Para ajudar em tratamento, Pedrinho ganha camiseta do melhor do mundo no futsal

Thaís Pimenta
Ricardinho foi eleito pela quinta vez o melhor jogador do mundo dentro do futsal. (Foto: Divulgação)Ricardinho foi eleito pela quinta vez o melhor jogador do mundo dentro do futsal. (Foto: Divulgação)

Direto da Espanha, o jogador português de futsal eleito pela 5ª vez o Melhor Jogador do Mundo, Ricardo Filipe da Silva, conhecido como Ricardinho, resolveu ajudar uma criança de Mato Grosso do Sul. Enviou mensagem em vídeo surpresa e uma camiseta para Pedrinho, que aos seis anos, convive com as limitações impostas pela paralisia cerebral. Para a família, receber o presente foi emocionante e mais especial que a camiseta foi a atitude do atleta. 

"A gente ficou morrendo de alegria, eu e o Ciro (pai), ficamos eufóricos, emocionados porque uma pessoa tão importante, com tantas coisas a fazer se dispõe a fazer, ajudar, a ser o que todos deveriam ser, contribuindo com a necessidade do outro. Poxa, ele é o melhor do mundo, um mito, e a gente do interior do interior do Brasil conseguiu tocar o coração dele. Quem estende a mão põe em prática sua oração e só temos a agradecer", diz a mãezona, Milena Gunther.

De acordo com a família, Ricardinho ficou sabendo do caso de Pedrinho pelo irmão de Milena, Junior Gunther. "Ele mora em Madri e tem um amigo, o Kikinho, que é amigo do Ricardinho. Por meio das redes sociais, a história do Pedro chegou até o Ricardinho".

Precisando bancar caríssimas injeções para o tratamento de terapia celular regenerativa do pequeno, Milena, junto com Ciro Alex, o paizão, decidiram que o presente serviria para atrair aqueles que gostam do esporte para a solideriedade. "Por meio da rifa encontramos uma maneira de chamar pessoas que não costumam ou até mesmo tem receio de praticar a solidariedade em si. Então, quem adquirir um número da rifa do Pedro pode também levar a camiseta autografada pelo Ricardinho".

Desde antes de um aninho, Pedro convive com paralisia cerebral. (foto: Acervo Pessoal)Desde antes de um aninho, Pedro convive com paralisia cerebral. (foto: Acervo Pessoal)
Ricardinho enviou por meio do irmão de Milena a camiseta autografada. (Foto: Acervo Pessoal)Ricardinho enviou por meio do irmão de Milena a camiseta autografada. (Foto: Acervo Pessoal)

Os pais já vinham fazendo isso para pagar a primeira fase das aplicações. Vale mencionar que todo o tratamento sai a pelo menos R$ 80 mil. "Esse valor aumenta se eu for fazer o tratamento no exterior, já que o médico é do Chile. Por aplicação são R$ 16 mil e ao todo são cinco aplicações de um tratamento que tem tudo para melhorar ainda mais o desenvolvimento dentro do que a condição dele permite".

As aplicações serão feitas, a princípio, em Brasília e primeira injeção acontecerá dia 30 de junho, as seguintes em julho e agosto. A partir da terceira o espaçamento é de 90 dias, então serão feitas em novembro e fevereiro, ou seja: é muito pouco tempo pra arrecadar uma imensa quantidade de dinheiro em três meses. "Por isso a nossa urgência de conseguir", diz Milena.

Para a primeira dose, a família já tem o dinheiro necessário, recebido também por meio de rifas de camisetas com a temática da Copa do Mundo, pensadas pelos pais. 

"Hoje o nosso filho está na melhor fase de seu desenvolvimento mas nossa missão aqui é fazer com que ele tenha o melhor sempre, então apostamos nesse tratamento que se evoluir em 5% ou em 50% o quadro do Pedro, pra nós, já está sendo válido", finalizam os pais.

Quem se interessou em comprar uma rifa, ela está sendo vendida a R$ 20,00 no link. Confira o vídeo feito especialmente para o pequeno:

Curta o Lado B no Facebook  e no Instagram. 



imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.