A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 22 de Maio de 2019

28/10/2018 08:23

Para quebrar o gelo na hora da paquera, vale até uma tatuagem estratégica

De acordo com o produtor audiovisual, tatuagem já rendeu muitos beijos na boca

Thaís Pimenta
Uári de Arruda fez a tatuagem quando ainda era bem mais novo e não se arrepende da zoeira. (Foto; Paulo Francis)Uári de Arruda fez a tatuagem quando ainda era bem mais novo e não se arrepende da zoeira. (Foto; Paulo Francis)

O produtor audiovisual Uári de Arruda, de 29 anos, chegou ao limite para quebrar o gelo na hora da paquera. Na virilha, a tattoo "Seu Nome" lhe rende papo com a mulherada, pelo menos, um quebra gelo na hora de conhecer novas pessoas.

"Eu fiz ela bem novo. Na época eu tirei a ideia do cara do filme Jackass, o Steve-O, que escreveu 'your name'. Na época, eu achei muito engraçado e pensei que queria algo parecido. E eu tatuei justamente pra isso, num lugar assim, que não aparecesse mas que desse pra mostrar para as pessoas. Foi uma maneira de puxar assunto com as meninas que eu ficava na balada", conta ele.

Mas hoje, mais maduro, ele conta que deve fazer uns cinco anos que não aborda ninguém pela tatuagem. "Inclusive tive uma ex minha que era doida para que eu tirasse a tatuagem mas eu dizia que ela havia me conhecido com a tattoo então tinha que lidar com isso".

Ele diz que já passou por situações realmente engraçadas e quando abordava as meninas falando que tinha o nome delas tatuado as reações eram mais bacanas eram de meninas que tinham o nome diferente. "Aí ela desacredita né? Fica chocada e tentando entender, até quando eu mostro e, geralmente, as pessoas caem na risada". As mulheres com nome mais "normal" costumam pensar que a tattoo tem o nome da ex namorada.

Tatuagem fica na cintura próxima á virilha. (Foto: Paulo Francis)Tatuagem fica na cintura próxima á virilha. (Foto: Paulo Francis)

A tatuagem foi feita - pasmem - com o renomado tatuador de Campo Grande, o Kallel, no início da carreira. "Eu fechei a perna esquerda com ele, a panturrilha, e pedi de presente essa pra ele, e o Kallel acabou incluindo no valor total essa aqui", conta.

Uári ainda se lembra da zoeira na hora de marcar a pele. "Eu falava pra ele 'é pra escrever seu nome mas não Kallel em'", brinca.  

A improvável brincadeira já deu certo várias vezes mas, de acordo com ele, não apenas por conta da tatuagem. "Dava certo porque eu sei conversar. Não adianta nada um cara achar que fazendo uma tatuagem dessas vai conseguir ficar com alguém só por causa disso", finaliza ele.

E você? Qual foi o máximo que chegou por uma cantada? Conta pra gente nas nossas redes sociais e aproveita para curtir lá no Facebook  e no Instagram.



imagem transparente

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.