A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 18 de Junho de 2019

09/01/2019 08:00

Saiba como stalkear “like a boss” e se proteger de um perseguidor virtual

O Lado B te ensina a extrair algumas informações do Facebook sobre aquela pessoa

Tatiana Marin
Tem como descobrir sem ser descoberto (Foto: Tatiana Marin)Tem como descobrir sem ser descoberto (Foto: Tatiana Marin)

Atire o primeiro mouse quem nunca fuçou o Facebook do crush. A internet mudou a vida das pessoas, mas as redes sociais trouxeram possibilidades infinitas para as relações. Além de conhecer e manter contato com amigos, familiares e paixões, é possível descobrir muitas coisas de determinado usuário no melhor estilo cyberstalker.

Em inglês, stalker significa perseguidor, mas nós, que somos brasileiros já nos apropriamos do termo e conjugamos o verbo “stalkear” em todos os tempos verbais. 

O Lado B preparou este guia de como stalkear alguém e descobrir um pouco mais sobre que aquela pessoa que você ama ou odeia. Mas também vamos dar algumas dicas de como você pode se proteger de gente que vive na sua cola.

Como stalkear no Facebook

O Facebook é a rede social mais propícia para escarafunchar o perfil dos outros. Mas antes de você prosseguir e aprender a extrair informações, o Ministério da Observação da Vida Alheia adverte: stalkear pode causar tristezas, aflições e, ainda, se tornar um vício. E saiba, que o uso desmedido da busca na rede social causar o bloqueio do recurso.

Você já foi avisado e mesmo assim pretende seguir em frente? Vamos lá.

Se chegou até aqui, com certeza já é fera em acompanhar as postagens da pessoa, ver quais seus amigos, contatos em comum e quem foi adicionado recentemente.

A função "Busca Social" foi liberada em 2014 no Facebook e tinha como objetivo descobrir as preferências de seus contatos. Com perguntas como “restaurantes que meus amigos gostam” você poderia decidir onde seria seu jantar. Mas há outras “perguntas” que trazem respostas mais interessantes, entretanto elas devem ser feitas em inglês.

Para ilustrar, com a devida permissão, stalkeamos o Samuel Isidoro, nosso colega do Lado B e conseguimos descobrir alguns “Likes” e comentários que ele distribuiu.

Resultados para a pergunta photos liked by Samuel Isidoro. (Imagem: Reprodução/Facebook)Resultados para a pergunta "photos liked by Samuel Isidoro". (Imagem: Reprodução/Facebook)

Ao digitar no campo de busca do Facebook “photos liked by Samuel Isidoro” o Facebook traz um mosaico de imagens em que Samuel deu o "joinha". As fotos aparecem sem ordem cronológica. Clicando no link “Ver tudo” (circulado em vermelho na imagem acima), você é direcionado para outra página, com mais fotos (veja imagem abaixo).

Depois de clicar em Ver tudo o Facebook mostra mais fotos curtidas. (Imagem: Reprodução/Facebook)Depois de clicar em "Ver tudo" o Facebook mostra mais fotos curtidas. (Imagem: Reprodução/Facebook)

O mesmo pode ser feito com as postagens. A pergunta “posts liked by Samuel Isidoro” traz uma publicação, mas ao clicar no link “Ver tudo” mais posts são mostrados. Contudo, você pode especificar um período de tempo para poder analisar melhor os resultados. Por exemplo, podemos perguntar “posts liked by Samuel Isidoro December 2018”. O resultado vai conter apenas publicações daquele mês. Da mesma forma, ao digitar “photos liked by Samuel Isidoro January 2019”, também mostra apenas as fotos publicada nesse período.

Resultado para a busca posts liked by Samuel Isidoro December 2018. (Imagem: Reprodução/Facebook)Resultado para a busca "posts liked by Samuel Isidoro December 2018". (Imagem: Reprodução/Facebook)

Além de saber a quais fotos e posts alguém jogou, não só um “Like”, mas um “Amei” ou um “Haha”, você pode descobrir onde seu stalkeado comentou. Com “photos commented on by …” o resultado traz apenas as fotos que receberam comentários da pessoa. Troque a palavra “photos” por “posts” e acontece o mesmo. Adicione o mês e o ano nesta pergunta para restringir ainda mais a busca.

Claro que o resultado vai deixar incluir muitas postagens, que são aquelas que você não tem acesso por restrições de privacidade ou posts restritos. Neste caso, não há o que fazer. Vale ressaltar que esta busca feita através do Facebook não é ilegal - talvez seja imoral -, não utiliza recursos escusos e não chega nem perto do que um hacker faz.

Como se proteger de um stalker

Quase tudo no Facebook pode ser escondido de quem não está na sua lista de contatos e até de quem está. Suas publicações devem sempre ser postadas para “Amigos” e não “Público”, a não ser que você não se importe que outras pessoas vejam.

Sua lista de amigos também pode ser configurada para ser vista apenas por amigos ou mesmo apenas por você. Para atualizar suas preferências clique na seta que fica à direita na barra azul e depois em “Configurações”. Na próxima página você verá diversas opções de segurança e privacidade que podem ser editadas.

Mas pouco ou quase nada pode ser feito para impedir que alguém descubra quais publicações ou fotos você curtiu ou comentou. Na verdade, o único recurso é bloquear a pessoa, se você sabe quem te persegue virtualmente.

Recorrendo à máxima que diz “quem não deve não teme”, se suas curtidas e comentários não ofendem ou não machucam ninguém, fique tranquilo. Caso contrário, é melhor repensar suas ações, tanto online quanto na vida real. #ficaadica

Curta o Lado B no Facebook e Instagram.



imagem transparente

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.