A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 21 de Setembro de 2018

15/01/2017 08:15

Segunda casa, bar vira cenário para ensaio de fotos 4 meses depois do sim

Paula Maciulevicius
Ela é são paulina e ele, corintiano. Juntos, já assistiram a muitos jogos no bar. (Foto: Passion Fotografia)Ela é são paulina e ele, corintiano. Juntos, já assistiram a muitos jogos no bar. (Foto: Passion Fotografia)

Nem parece, mas já passaram quatro meses do casamento de Dayane e Marcos Rogério. À época não bateu a agenda do casal com dos fotógrafos para que eles usufruíssem do presente dado pelo irmão dela. Nesse sábado (14), ela resolveu que faria o ensaio no lugar onde é a segunda casa dos dois. Não tem campo-grandense que não tenha ido ao menos uma vez na esquina da 15 com a Padre João Crippa, no Mercearia.

"É essa a relação que a gente tem com o bar, de segunda casa. Onde a gente se sente bem, onde passamos boa parte do namoro. Agora depois de casados é que apertou um pouco o orçamento", brinca a jornalista Dayane Sanches de Souza Germano, de 31 anos.

Os dois se conheceram num antigo trabalho, anos atrás, mas só depois de se reencontrarem no Facebook, mais tarde, que a relação engatou. Desde então foram quatro anos de namoro até o altar.

Da janela lateral da segunda casa. (Foto: Passion Fotografia)Da janela lateral da segunda casa. (Foto: Passion Fotografia)
Na varandinha. (Foto: Passion Fotografia)Na varandinha. (Foto: Passion Fotografia)
E na extensão do bar. (Foto: Passion Fotografia)E na extensão do bar. (Foto: Passion Fotografia)
Casal chegou quando portas ainda estavam fechadas. (Foto: Passion Fotografia)Casal chegou quando portas ainda estavam fechadas. (Foto: Passion Fotografia)

"No dia em que nos casamos no civil, nosso primeiro brinde foi no Mercearia", conta Dayane. Não só pela proximidade, o cartório fica na mesma quadra que o bar, mas também por afinidade com o local. 

"O local é nosso refúgio para relaxar no final dos dias tensos e também para comemorar as conquistas. Gostamos do ambiente, do atendimento", exemplifica Dayane. Ela é são paulina e ele, corintiano. Juntos, eles assistiram muitas partidas do time dele. 

Uma semana antes do ensaio, Dayane pediu pelo Facebook do bar, se podia usar o Mercearia de cenário. A resposta foi imediata e o casal marcou para pegar o local ainda fechado e comecinho de expediente. O bar já foi testemunha de muita história, mas de ensaio de casamento, é a primeira vez.

No fim, eles fotografaram em todas as áreas do bar. Sentados lá dentro, na varandinha, na extensão da Padre João Crippa e até olhando o cardápio. 

Curta o Lado B no Facebook

O sorriso dos dois. (Foto: Passion Fotografia)O sorriso dos dois. (Foto: Passion Fotografia)
Cantinho que quase ninguém repara. (Foto: Passion Fotografia)Cantinho que quase ninguém repara. (Foto: Passion Fotografia)
E entre as plantas. (Foto: Passion Fotografia)E entre as plantas. (Foto: Passion Fotografia)
Primeiro brinde de casados foi ali, sentado no Mercearia. (Foto: Passion Fotografia)Primeiro brinde de casados foi ali, sentado no Mercearia. (Foto: Passion Fotografia)


Amooooo,
 
Ricardo Correa em 16/01/2017 08:43:48
imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.