ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, QUINTA  27    CAMPO GRANDE 25º

Comportamento

Vereador arrasa no funknejo, sem se importar com decoro no plenário

Tiago Vargas mostrou que sabe rebolar, ao som de Israel e Rodolffo e Mc Kevinho, mas a polêmica é o respeito

Por Ângela Kempfer | 26/11/2021 12:51


Ao som de "Quem Perdeu Que Chore", gravado por Mc Kevinho, Israel e Rodolffo, o vereador Tiago Vargas (PSD) usou o plenário da Câmara Municipal como palco na manhã de hoje para mostrar que rebola até o chão, e melhor que muita gente por aí.

O problema é que ele fez o "espetáculo" no principal espaço do Legislativo Municipal de Campo Grande, para "sextar" com um funknejo rasgado, com direito a coreografia muito bem ensaiada e até dedinho na boca.

De terno e gravata, ele aparece no plenário cantando: "Quem perdeu que chore. Quem achou que console. Quem perdeu que sofra, vendo minha língua passeando em outra boca".

Na descrição do vídeo, o vereador ainda derrapa no português: "Atendendo pedidos; o #sextounogabinete dessa semana 'trás' o novo #hit do Brasil com @israelerodolffo em parceria @kevinho, #QuemPerdeuQueChore".

Nas redes sociais tem gente achando graça e elogiando o dom para a dança. "Nem eu rebolo assim", postou seguidora. Mas também há reclamações do tipo: "Para com isso rapaz, eu até estava te levando a sério no início, compostura cai bem no seu cargo".

O regimento interno da Câmara não fala diretamente em quebra de decoro em caso de dancinhas no plenário. "Considera-se atentatório do decoro parlamentar usar, em discurso ou proposição, expressões que configurem crimes contra a honra ou contenham incitamento à prática de crimes", especifica.

Mas o que os eleitores desaprovaram é a falta de respeito diante da seriedade exigida a um vereador em plenário. "Tenha postura de um líder, vergonha alheia", reclamou outra seguidora.

O Lado B ligou 5 vezes para o telefone do vereador, entre 12h20 e 12h50, mas ele não atendeu.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário