ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SEGUNDA  06    CAMPO GRANDE 28º

Comportamento

Comerciante apela à bondade humana para recuperar 2 malas perdidas

Por Ângela Kempfer | 23/02/2012 18:23
Faixa na Via Parque. (Foto: João Garrigó)
Faixa na Via Parque. (Foto: João Garrigó)

Uma faixa na Via Parque é o maior sinal da fé do comerciante Jeferson Vasconcelos nas pessoas: “Malas com roupas foram perdidas na região. Oferece recompensa”, informa o anúncio.

Ele investe na divulgação, com a esperança de que alguém de bom caráter devolva a bagagem. “Se fosse comigo, eu devolveria”, justifica Jeferson.

No sábado, ele seguia para a casa do pai quando a bagagem caiu da caminhonete que dirigia, sem que o comerciante percebesse.

Jeferson, de 36 anos, só sentiu falta das malas 15 minutos depois, mas quando retornou, não encontrou mais nada.

“Sai da Pernambuco com a Ceará e fui até a Via Parque. Foi rapidinho”, lembra. Mesmo assim, nem rastro das roupas.

A perda, além do prejuízo material, acabou com as férias da família. Jeferson, a esposa e a filha de 2 anos estavam prontos para a praia, iam para Santa Catarina quando o incidente ocorreu.

“Na mala, tinha roupinhas que a minha filha ganhou de aniversário e nunca usou”, lamenta.

Como incentivo extra às “boa alma” que encontrou a bagagem, Jeferson oferece recompensa de 400 reais.

“Eu acredito que tem gente boa no mundo. Aprendi isso em casa”, conclui.