ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEXTA  30    CAMPO GRANDE 21º

Consumo

Brechó "chique" amplia espaço e agora vende vestidos de gala e de noiva

Por Informe Publicitário | 07/06/2013 06:30
Peça mais cara do brechó custa R$ 3,5 mil. (Foto: Cleber Gellio)
Peça mais cara do brechó custa R$ 3,5 mil. (Foto: Cleber Gellio)

A Doka Brechó, conhecida pelo garimpo de roupas e acessórios de grife, abriu novas seções e agora têm vestidos de gala e até de noiva. Há peças surpreendentes, como uma cheia de pedrarias, toda bordada a mão e avaliada em R$ 17 mil. É a mais cara, porém o preço passou a ser de brechó: R$ 3,5 mil.

Uma das raridades, neste mesmo cabideiro, veio direto dos anos 70. Não está à venda. Virou o xodó da proprietária por ser originalmente retrô. Apesar disso, a noiva que, por acaso, queira apostar no estilo, pode alugá-lo pela diária de R$ 400,00.

Entre os vestidos de gala, há os exclusivos. Alguns estão, inclusive, com etiquetas. Um deles, que não custaria menos de R$ 3,8 mil, no brechó sai por R$ 700,00. Outro, da grife Magu, que vale R$ 4,2 mil, agora vale R$ 1,8 mil.

Vestido de noiva. Uma das preciosidades da loja. (Foto: Cleber Gellio)
Vestido de noiva. Uma das preciosidades da loja. (Foto: Cleber Gellio)

Bom e Barato - Há 4 anos, a gaúcha Dolly Batista, resolveu abrir seu próprio negócio. Criou um brechó "de verdade", com peças novas, de coleções passadas e, claro, roupas de grifes que podem ser adquiridas pela metado do preço.

Com o sucesso e com novos produtos nas araras, a sala de 9m² teve de ser ampliada. O espaço agora é composto por 5 salas.

Na loja há de tudo um pouco. Além do "comum" e das roupas requintadas, o cliente pode encontrar até fantasias, como a de uma garça, por exemplo.

Como o Doka Brechó oferece roupa "da moda", quase sempre de marca e com qualidade, o movimento de clientes dobrou.

Dolly até arrisca dizer que o preconceito com a roupa de segunda mão diminuiu, principalmente pelo "fator financeiro".

"Tem a questão sustentável. As pessoas já tem essa percepção. Quem não quer pagar pouco por uma roupa de qualidade?", disse.

Serviço - O Doka Brechó fica na rua Abraão Júlio Rahe, 405, em Campo Grande.

Vestido da grife Magu, que vale R$ 4,2 mil, agora vale R$ 1,8 mil. (Foto: Cleber Gellio)
Vestido da grife Magu, que vale R$ 4,2 mil, agora vale R$ 1,8 mil. (Foto: Cleber Gellio)
Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário