ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, SEXTA  03    CAMPO GRANDE 24º

Consumo

Brinquedo que virou febre, “pop it” agora é tema disputado para festa

O brinquedo que virou febre pelas ruas da cidade e compras pela internet agora também é tema de festinhas

Por Thailla Torres | 16/08/2021 08:06
Itens agora são alugados para festinhas, tanto de crianças quanto de adultos. (Foto: Sua Festa CG)
Itens agora são alugados para festinhas, tanto de crianças quanto de adultos. (Foto: Sua Festa CG)

Brinquedo, capa de celular, estampas e até peças decorativas de festa, os famosos itens coloridos “pop it” viraram febre nos últimos meses. Pelas ruas de Campo Grande, as lojas de utilidades vendem o brinquedo a partir de R$ 28,00, mas com tanta procura, tem lugar que já esgotou.

O ‘pop it’ faz parte de uma categoria chamada ‘fidget toy’, que significa brinquedo de inquietação, em tradução literal. O objeto, feito de silicone, reúne várias bolinhas que, ao serem apertadas, emitem um barulho similar ao que ouvimos quando estouramos plástico bolha, é também bastante utilizado como brinquedo na terapia ocupacional com crianças.

E foi observando o sucesso do acessório que a empresária campo-grandense Ana Paula Maidana, dona da Sua Festa CG, decidiu investir em itens em tamanhos ‘gigantes’ para decoração de festas em Campo Grande, principalmente, após a festa dos famosos Roberto Justus e Ticiane Pinheiro, que investiram no ‘pop it’ como tema da festinha da filha Rafaela.

No Centro de Campo Grande, o brinquedo é vendido a partir de R$ 28,00. (Foto: Thailla Torres)
No Centro de Campo Grande, o brinquedo é vendido a partir de R$ 28,00. (Foto: Thailla Torres)

Prova do sucesso está nos contratos, só no dia da publicação em seus Instagram, ela recebeu mais de 15 pedidos de preços e solicitação de aluguel das peças. “Virou uma febre, todo mundo quer, de adulto à criança”. As peças custam de R$ 15,00 a R$ 30,00 e garantem uma mesa bem colorida.

Já pelas ruas da cidade, quem procura o brinquedo precisa bater perna, isso porque em boa parte das lojas, o brinquedo já esgotou. As que restaram, vendem o produto por R$ 28,00 no varejo e R$ 23,00 no atacado.

Na Mini Life, loja de utilidades que tem uma variedade de decorações no centro, a funcionária informou que o item já esgotou três vezes e está previsto um próximo lote nesta semana, com preços que variam de R$ 30,00 a R$ 35,00.

Conquistando adultos e crianças, os brinquedos são coloridos e de diversos formatos, e estão incluídos na categoria dos brinquedos sensoriais. Mas há quem compre para aliviar o estresse. É o caso da Fernanda Cristina de Souza, de 19 anos, que durante passeio com a mãe pelo centro, resolveu investir no brinquedo. “Todo mundo comprou e eu também quis. Alivia ficar apertando as bolinhas”, diz.

No Brasil, o interesse pelo brinquedo aumentou desde maio de 2021. Segundo dados da plataforma Buscapé, site de pesquisa de preços e centro de comércio virtual, houve um aumento de 215% na busca pelos brinquedos sensoriais de maio para junho. Já na plataforma Shopee, os números relativos ao período de janeiro a junho de 2021, indicam aumento de 160% nas vendas.

Até famosos investem na decoração com o brinquedo.
Até famosos investem na decoração com o brinquedo.

Curta o Lado B no Facebook. Tem uma pauta bacana para sugerir? Mande pelas redes sociais, e-mail: ladob@news.com.br ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário