ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JULHO, QUARTA  17    CAMPO GRANDE 23º

Consumo

Com 20 mil itens, bazar faz consumidor se segurar para não levar de tudo

Evento que segue até domingo tem peças a partir de R$ 3 aprendidas pela Receita Federal

Por Jéssica Fernandes e Ana Beatriz | 13/06/2024 16:53
Bazar com peças aprendidas pela Receita Federal atraiu público nesta quarta-feira. (Foto: Juliano Almeida)
Bazar com peças aprendidas pela Receita Federal atraiu público nesta quarta-feira. (Foto: Juliano Almeida)

Mais de 20 mil itens apreendidos pela Receita Federal estão à venda no Armazém Cultural por preços que variam entre R$ 3 reais a R$ 4 mil. Organizando por uma instituição beneficente, o evento atraiu várias pessoas na tarde nesta quarta-feira (13) que foram em busca de acessórios e até brinquedos para os filhos.

Casacos de frios, mantas, shorts masculinos, lingeries, tênis, tapetes, pratos, perfumes, copo Stanley e garrafas térmicas estão entre os produtos apreendidos pela Receita Federal em Ponta Porã, a 316 km de Campo Grande.

Essa é a 7º edição do bazar feito pelo Instituto Isac e Impacto Aventura que ajuda jovens e crianças de baixa renda através de atividades lúdicas e esportivas. Conforme a organizadora do evento, Juliana Bazzacoro, de 38 anos, o bazar começou na quarta-feira (12) e segue até domingo (16).

Perfumes originais e réplicas estão saindo partir a R$ 150. (Foto: Juliano Almeida)
Perfumes originais e réplicas estão saindo partir a R$ 150. (Foto: Juliano Almeida)

Por enquanto, os itens queridinhos da população tem sido os perfumes, celulares como o da marca Iphone e ferramentas. No Bazar, o perfume original Dolce&Gabbana está saindo a partir de R$ 159 e os celulares estão avaliados entre R$ 2 mil a R$ 4 mil.

O primeiro dia de bazar teve pouca procura, mas neste feriado o Armazém Cultural já tinha público expressivo com cerca de 50 pessoas na fila do caixa. Vânia Lemes, de 40 anos, aproveitou para levar o casal de filhos ao lugar.

Apesar dos inúmeros itens femininos, a cabeleireira comenta que o foco era comprar coisas para os meninos. “É só para as crianças, eles escolhem e eu pago”, conta. Em relação ao preço dos produtos, ela afirma que viu vantagem. “Compensou bastante e não foge do padrão desses brinquedos”, fala.

Vânia visitou plataforma para comprar brinquedos para os filhos. (Foto: Juliano Almeida)
Vânia visitou plataforma para comprar brinquedos para os filhos. (Foto: Juliano Almeida)

Outra pessoa que se planejou para ir ao evento é Helena Sobrinho, de 60 anos. A professora gosta de fazer trilhas e foi em busca de peças específicas para a atividade, como casaco estilo corta vento. No bazar, ela encontrou por R$ 150 o modelo que chega a passar de R$ 380 nas lojas.

Diante de tanta variedade, ela relata que viu muita coisa interessante. “Eu tenho até que me controlar para não levar o desnecessário. Já escolhi um casaco para mim porque o preço está maravilhoso”, destaca.

Já Alzeni Teixeira, de 53 anos, fez uma boa pesquisa de preço antes de chegar ao endereço. O interesse dela eram as ferramentas de pescaria, como o molinete e garrafas térmicas. O último item, conforme a merendeira, estava bem acessível e saindo entre R$ 75,00 a R$ 110,00.

Helena Sobrinho achou 'maravilhoso' valor das peças do bazar. (Foto: Juliano Almeida)
Helena Sobrinho achou 'maravilhoso' valor das peças do bazar. (Foto: Juliano Almeida)

O bazar beneficente segue até domingo no Armazém Cultural, na Avenida Calógeras, 3065, Centro. O horário é das 9h às 22h.

Confira a galeria de imagens:

  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias