A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

09/12/2016 06:10

Escola para crianças de até 6 anos não vai fechar nem nas férias

Sossego da Mamãe começou como hotelzinho e nos próximos meses terá colônia de férias

Informe Publicitário
Sala de aula  cheia de criança feliz na Sossego da Mamãe. (Foto: Alcides Neto)Sala de aula cheia de criança feliz na Sossego da Mamãe. (Foto: Alcides Neto)

Hoje ela é a “Tia Lídia” da criançada que entra sem cerimônia na sala da direção, para mostrar um brinquedo ou fazer algum comentário sobre o dia. Mas foi como mãe que a ex-servidora pública Lídia Paniagua teve a ideia de dar sossego as outras famílias criando um hotelzinho infantil há 27 anos, o primeiro de Campo Grande.

A confiança chegou junto com centenas de crianças que ao longo do tempo fizeram do lugar a segunda casa. Em 2004 o hotelzinho virou escola e na educação infantil a “Sossego da Mamãe” se consolidou com o mesmo cuidado de quem recebia os pequenos para uma noite longe dos pais. "É uma relação de confiança que a gente nunca perdeu com os pais", lembra a Tia Lídia.

É tanta vontade de acolher, que nem em dezembro e janeiro o lugar fecha. Para só no dia 22 para as festas de fim de ano e volta dia 4 de janeiro com colônia de férias em período integral, com todas as refeições do dia e muitas brincadeiras clássicas. "Recuperamos a infância real. Até de peteca a gente brinca. São dias muito divertidos, as crianças amam", comenta a proprietária.

Gargalhada no berçário, o lugar mais fofo da escola.Gargalhada no berçário, o lugar mais fofo da escola.

Dona Lídia continua na direção do Centro de Educação Infantil Sossego da Mamãe, mas a filha cresceu e agora é o braço direito no trabalho. As duas colecionam histórias de apego e satisfação nesses quase 30 anos de portas abertas e duas gerações atendidas. "Encontro ex-alunos que entraram aqui bebês e hoje são juízes, médicos, gente feliz, realizada. Muitos deles têm os filhos matriculados aqui. Isso não tem preço", lembra a mãezona que acompanha notícias de todos os que consegue encontrar pelas redes sociais.

O afeto que surge a cada palavra também está em detalhes pela escola da Rua Abraão Júlio Rahe, da decoração encantadora nas salas, até o uniforme que garante a brincadeira com conforto. "Estamos, inclusive, instalando uma fonte de água ali na área externa, porque deixa o ambiente mais fresco quando a umidade do ar cai", avisa.

A ideia é atender alunos apenas dos 4 meses aos 6 anos, do berçário aos Pré II, para não perder o foco nem a atenção especial aos primeiros anos de vida, tempo que exige os estímulos corretos para que a criança aprenda não só o conteúdo formal, mas também sobre valores morais. “Escola não é comércio, temos de fazer bem feito. E gosto de trabalhar com essa faixa etária, são os meus bebês”, diz.

Hora da história na sala cheia de estímulos à fantasia. (Foto: Alcides Neto)Hora da história na sala cheia de estímulos à fantasia. (Foto: Alcides Neto)

No berçário, em meio aos brinquedos coloridos e cheios de sons, os bebês abrem a gargalhada quando Lídia resolve encarar a tarefa de fazer a turminha sorrir. Na sala dos maiores, a curiosidade com os livros de história sobre a mesa comprovam que a literatura é um estímulo que tem dado resultado antes mesmo de alguém por ali aprender a ler.

Não há metodologia "de modinha", diz Lídia, o que vale é o "bê-a-bá", defende ela. "Somos tradicionais, ensinamos a ler com o uso de sílabas e tem dado muito certo. Nenhuma criança sai daqui sem ler".

As salas de aulas têm entre 9 e 15 alunos, no máximo, dependendo da idade, todas com professor formado em Pedagogia e auxiliar.

Para a tranquilidade dos responsáveis, são 3 possibilidades de horários: meio período, intermediário ou integral. A vantagem para quem trabalha o dia todo é que as aulas começam 6h45, antes dos pais entrarem no serviço, e terminam só às 18h20, bem depois do fim do expediente. "Todo dia, 6h15 estou aqui para abrir a escola. Eu sei das dificuldades das pessoas, por isso a gente atende pelo maior tempo possível. Fazemos com prazer", explica a proprietária.

No dia do aniversário de 4 anos, Fernando quis mostrar o caminhão de bombeiros que ganhou para Tia Lídia.(Foto: Alcides Neto)No dia do aniversário de 4 anos, Fernando quis mostrar o caminhão de bombeiros que ganhou para Tia Lídia.(Foto: Alcides Neto)

As matrículas para a colônia de férias valem para crianças de até 7 anos e já estão abertas, assim como as para o ano letivo de 2017.

A escola fica na Rua Abrão Julio Rahe, 545, Bairro São Francisco. O telefone para informações é (67) 3384-7909.

Você pode saber mais sobre o CEI Sossego da Mamãe na página da escola no Facebook

Centro de Educação Infantil Sossego da Mamãe fica na Rua Abrão Julio Rahe, 545Centro de Educação Infantil Sossego da Mamãe fica na Rua Abrão Julio Rahe, 545
imagem transparente

Classificados


Copyright © 2017 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.