ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEXTA  30    CAMPO GRANDE 18º

Consumo

Fotógrafo que nunca teve celular ganha concurso Click Campo Grande

Por Ângela Kempfer e Adriany Vital | 01/09/2011 10:21
O anoitecer no outrora sertão desta cidade, cede espaço para o edifício e sua luminosidade. Foto de Osvaldo Benites.
O anoitecer no outrora sertão desta cidade, cede espaço para o edifício e sua luminosidade. Foto de Osvaldo Benites.

Funcionário público federal do TRT (Tribunal Regional do Trabalho), Osvaldo Benites Alves, de 51 anos, foi o melhor fotógrafo amador a homenagear os 112 anos da cidade.

Com a foto do anoitecer no Parque das Nações Indígenas, ele venceu o concurso Click Campo Grande. Osvaldo conseguiu 19% dos votos, competindo com outros 17 trabalhos. A diferença para o segundo colocado foi de 403 votantes.

"Estou muito contente por vencer o concurso em homenagem à minha cidade natal".

Sobre a "obra", ele explica que "é o reflexo do espelho d’água. Me inspirei no anoitecer. Me veio a cabeça o anoitecer no sertão. Para mim essa foto representa o dinamismo da cidade, como ela cresce e não esquece da sua natureza interiorana".

O prêmio, um iPhone 4, será entregue amanhã às 10 horas na sede do Campo Grande News - rua da Paz 960, por um representante da Vivo.

O detalhe é que Osvaldo não tem celular por opção, mas como o aparelho é um iPhone 4, diz ter mudado de ideia pelas possibilidades que ele representa. "Vou passar usar para muita coisa".

Ele diz que faz fotografia por hobby, depois de um cursinho rápido. "Gosto de foto e gosto de poesia também", comenta.

Sobre o trabalho inscrito no Click Campo Grande, Osvaldo conta que sempre gostou de fazer fotos noturnas. "Para conseguir esse resultado foi difícil. Fiz muita experiência, por quase um mês, até conseguir."

O prêmio veio antes mesmo da inscrição, revela. "Fazia caminhada e esperava escurecer para fazer a foto perfeita e quando consegui foi quase como ganhar o concurso".

O ganhador fica orgulhoso por ser a primeira participação em concurso com sucesso.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário