A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 21 de Fevereiro de 2018

04/02/2018 07:25

Há um ano, mãe e filha levam cor à mesa com sousplat feito de crochê

Thailla Torres
 Ambas seguindo profissões distintas, há um ano, transformaram a vida através do artesanato. Ambas seguindo profissões distintas, há um ano, transformaram a vida através do artesanato.

Maria é advogada e a filha Cláudia está no último ano de Psicologia. Ambas seguindo profissões distintas, há um ano colocaram mais artesanato na vida. Usando crochê, as duas levam cor à mesa fazendo sousplat, que servem como base para os pratos, e dão estilo a qualquer confraternização.

"Sempre adorei montar mesas, receber os amigos e a família em casa. E a mesa é o ambiente que mais recebia carinho e cuidado. Por isso, depois que eu casei, em 2016, eu passei a ter o hábito de fazer mesas coloridas. Foi quando tive a ideia de pedir um conjunto de sousplat para minha mãe", conta Barbosa Rabelo Busto, de 23 anos.

Modelo com pontos mais trabalhados. Modelo com pontos mais trabalhados.
Um estilo mais tropical.Um estilo mais tropical.
Para quem gosta de tons neutros.Para quem gosta de tons neutros.

Maria Santina Barbosa Rabelo sempre atuou como de advogada, o crochê era um passatempo. "Ela sempre gostou de fazer, mas nunca pensou em ter lucro com isso. Mas de tanto as pessoas falarem da beleza das mesas, eu resolvi investir no Instagram", conta Cláudia.

Foi assim que nasceu o "Mesas com Carinho". "Todo mundo falava que eu montava a mesa com carinho e criatividade, por isso pensamos nesse nome e depois de vender o primeiro conjunto, não faltaram encomendas".

O artesanato que parece simples, faz toda diferença no visual da mesa e cumpre a função de não deixá-la desguarnecida. "Transforma qualquer recepção que você vá fazer, seja um almoço, jantar ou chá da tarde. O sentar na mesa se torna ainda mais especial entre familiares ou amigos", descreve.

Quem faz toda a produção é Maria, enquanto Cláudia se preocupa com as vendas e cria modelos que servem de inspiração para as clientes. "Mas também aprendi fazer o crochê, sempre tive vontade e também me serviu como plano B, se em algum momento minha mãe não puder fazer as peças, eu dou continuidade a produção. Mas hoje, o talento é todo dela", descreve.

As peças variam de R$ 22,00 a R$ 35,00. Além de porta-guardanapos que custam 5,00 a unidade.

Quem tiver interesse, informações pelo telefone (67) 98479-6707.

Curta o Lado B no Facebook e Instagram.

As peças variam de R$ 22,00 a R$ 35,00.As peças variam de R$ 22,00 a R$ 35,00.


imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.