ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEXTA  30    CAMPO GRANDE 19º

Consumo

Para quem gosta de “agregar valor”, Casa do Artesão tem presentes bons e baratos

Por Lado B | 10/12/2013 12:04
Versões da cachaça Taboa.
Versões da cachaça Taboa.

Presente para algumas pessoas tem um significado maior, vale pelo o que representa não só pelo dinheiro gasto. Se o desafio é dar algo diferente, para pessoas mais “engajadas”, a solução pode estar em ambiente como a Casa do Artesão, na avenida Afonso Pena, esquina com a Calógeras.

A xícara de cerâmica, com a reprodução dos bugrinhos da artista Conceição dos Bugres, é uma das peças mais baratas em exposição, custa R$ 5,00. Se a intenção é investir alto, é possível aumentar o conjunto, inclusive, com o bule de servir.

Há muito mais do que a tradição nas prateleiras. Além de todos os ícones regionais, algumas novidades poderiam estar em qualquer loja de presentes, a preços absurdos, mas na Casa do Artesão tem valores justos. O kit de churrasco, com acabamento em osso, sai por R$ 122,00. As carteiras com acabamento perfeito, feitas em couro de peixe, saem por, no máximo, R$ 70,00.

Mas, é claro, que a maioria tem símbolos da nossa cultura. Os desenhos indígenas, por exemplo, estão em utensílios domésticos e acessórios femininos. A travessa de cerâmica, em formato de peixe, tem preço de R$ 25,00 e a jarra kadiwéu sai por R$ 33,60.

Para quem é mais de reunir os amigos e festar, há várias opções de cachaça, inclusive, a Taboa, produzida em Bonito. A garrafa grande, revestida de palha, custa R$ 40,37 e a mais simples sai por R$ 33,70.

Conjunto de cerâmica, com peças vendidas separadamente.
Conjunto de cerâmica, com peças vendidas separadamente.
Travessa de cerâmica com desenhos indígenas.
Travessa de cerâmica com desenhos indígenas.
Carteira de couro, de artesãos sul-mato-grossenses.
Carteira de couro, de artesãos sul-mato-grossenses.
Conjunto de churrasco, por R$ 112,00.
Conjunto de churrasco, por R$ 112,00.
Xícaras com os bugrinhos de Conceição.
Xícaras com os bugrinhos de Conceição.
Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário