A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 23 de Setembro de 2018

24/02/2018 07:56

Roda Artesanal coloca na caixa produtos regionais em um clube de assinatura

Projeto é da douradense Flávia Nogueira Alves, que sempre foi apaixonada pela cultura sul-mato-grossense

Thaís Pimenta
Flávia em busca de um dos tipos dos produtos da caixa, os Da terra. Na primeira edição, quem participou foi o Jair, dos Orgânicos. (Foto: Acervo Pessoal)Flávia em busca de um dos tipos dos produtos da caixa, os "Da terra". Na primeira edição, quem participou foi o Jair, dos Orgânicos. (Foto: Acervo Pessoal)

A douradense Flávia Nogueira Alves, de 31 anos, sempre foi apaixonada pela cultura sul-mato-grossense. Mas depois de passar 15 anos em São Paulo e no Rio de Janeiro, voltou para o Estado, para Campo Grande, com novas ideias inspiradas em tudo o que viu fora. Assim, surgiu a Roda Artesanal.

Ela cria "caixas" recheadas de produtos de pequenos produtores de Mato Grosso do Sul, numa espécie de clube de assinatura mensal. São cinco itens normalmente: uma bebida, uma compota, um laticínio embutido, algo de padaria, confeitaria ou massa. "No clube de assinatura essas caixas são entregues gratuitamente. Se a pessoa quiser comprar avulsa paga um valor um pouco mais alto e eu cobro a entrega", explica. 

O projeto quer levar até as pessoas o que não se encontra em grandes redes. "A ideia é achar produtos artesanais, que não estão na prateleira dos supermercados. Então, por exemplo, as vezes tem um queijo cairpira feito em uma fazenda aqui perto, ou um pão delicioso que uma pessoa faz ainda de forma não industrializada, é isso que me interessa".

A primeira caixa rodou nesse mês de fevereiro com chocolate da Angí, leite de amêndoas do Mammoth, o pão da Dona Dercília, umas coalhadas na conserva de azeite feitas pela Raquel, que ainda mantêm  outra profissão e cozinha por lazer. Na lista também entraram taioba e a capuchinha do Jair dos Orgânicos, e um requeijão cremoso da Fazendo São Jorge. "Quero que o cliente saiba de quem vem o que ele está comendo então junto com os produtos eu envio um card contando um pouco da história de cada um deles e também ensino receitas com os orgânicos".

A primeira Caixa rodou Campo Grande durante o mês de fevereiro. (Foto: Acervo Pessoal)A primeira Caixa rodou Campo Grande durante o mês de fevereiro. (Foto: Acervo Pessoal)

Mais para frente, Flávia quer criar as caixas temáticas, sem deixar de lado a caixa do mês.

O valor fixo de assinatura feito pelo site é de R$ 79,00 e a caixa avulsa sai por R$ 85,00. A pessoa  pode retirar no espaço ou pagar mais R$ 7 para a entrega.

Também, em um futuro próximo, ela espera conseguir mandar as caixas para o interior do Estado e  para outras regiões do País. "Daqui a pouco eu creio que já consigo criar uma caixa para a viagem, sem esse periodicidade toda de alimentos. As pessoas já estão pedindo então é um incentivo a mais".

A família foi a grande incentivadora da nova ideia. "Eles são todos daqui, de Mato Grosso do Sul, minha avó e até minha bisavó nasceram na Estado. Eu sempre fui apaixonada por isso muito por causa dessas influências de gerações. Acho que essa foi uma chance de resgatar tudo isso, de mostrar o carinho pela nossa região", diz.

Por enquanto Flávia é quem está indo atrás desses nomes mas ela afirma estar super aberta para receber contatos diretos de produtores sul-mato-grossenses.

Para saber mais acesse o site  aqui ou mande sugestões para o e-mail contato@rodaartesanal.com.

Embalagem da Roda Artesanal é bem simples mas carrega um estilo clean. (Foto: Acervo Pessoal)Embalagem da Roda Artesanal é bem simples mas carrega um estilo "clean". (Foto: Acervo Pessoal)

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram.



imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.