A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 19 de Setembro de 2018

19/02/2018 07:15

"Discoteca" quer reunir público adulto com hits dos anos 50 e decoração retrô

Thailla Torres
Espaço foi redecorado pelo dono que deseja conquistar um público diferente.Espaço foi redecorado pelo dono que deseja conquistar um público diferente.

Quem desenvolveu aquele apego afetivo às músicas das décadas de 50, 60, 70 e 80 vai para a pista de dança feliz. Com hits e decoração retrô, Campo Grande tem novo endereço da nostalgia. Na Rua Antônio Maria Coelho a "Ultra Vintage Club" é a balada para público que curte o estilo das discotecas antigas.

O local funciona há uma semana e abre aos sábados. A proposta foi pensada pelo empresário Paulo Rodrigues Pinheiro, que há 12 anos é dono do ponto em Campo Grande, mas cansou de alugar o espaço a terceiros. "Cansa muito e a gente leva tantos prejuízos", desabafa.

O local já é conhecido pelo campo-grandense e teve balada de todo tipo com pop, funk, rock, música eletrônica, sertanejo e até gospel. Agora, o retrô vai dominar a pista.

Nodila e Regiane foram uma das primeiras clientes.Nodila e Regiane foram uma das primeiras clientes.
Solange adorou o espaço e torce para que dê certo.Solange adorou o espaço e torce para que dê certo.

"A gente não tem discoteca na cidade. Em São Paulo é muito comum, mas aqui, o máximo que temos para o público adulto e terceira idade, são os bailes sertanejos", comenta.

No último sábado, era meia noite e a casa não estava cheia, mas para os poucos clientes, o espaço foi uma surpresa. "Acho que ninguém imagina que esse lugar foi renovado, as pessoas da nossa idade precisam saber. Campo Grande tem muita modinha e balada para essa garotada, mas para quem gosta dessa estilo, quase não tem", diz Regiane Silva, de 43 anos.

Para a empresária Nodila Cola, 53 anos, o lugar tornou-se um ponto de encontro diferente para quem ama sair aos fins de semana. "O único lugar que eu vou é a Cantina Mato Grosso e Via Park, que só tem sertanejo. As vezes a gente curte um flash back no União, mas agora eu tenho onde voltar ao passado", diz.

Solange Betfuer, de 49 anos, foi com uma amiga conhecer o espaço e diz que ficou satisfeita. "Era tudo que eu precisava, eu amo essas músicas e aqui o DJ e animado".

Paulo confia que vai conquistar público.Paulo confia que vai conquistar público.

No repertório, tem de tudo, de Elvis Presley a Shakin' Stevens, ABBA, Bee Gees, Village People, Boney M e Earth, Wind & Fire. Em alguns momentos, O DJ também investe na seleção nacional mais antiga com canções de Roupa Nova, Kid Abelha e Celly Campello.

Paulo também é dono de uma loja de discos de vinil ao lado da discoteca e um colecionador de peças antigas. Por isso, fez questão de decorar sozinho a casa noturna. “Coloquei objetos que eu já tinha e que remetem muito ao passado”.

Com pista de dança xadrez e globo espelhado, as paredes receberam novas cores, além de quadros, rádios antigos e até uma bicicleta retrô.

O lugar funciona todo sábado, a partir das 21h e fica na Rua Antônio Maria Coelho, 1260.

Curta o Lado B no Facebook e Instagram.

Bar recebeu cores e objetos retrô que vieram das coleções de Paulo.Bar recebeu cores e objetos retrô que vieram das coleções de Paulo.


PELA SELEÇÃO DE MÚSICAS....É ANOS 70 PARA FRENTE.
 
Guilherme Campos em 21/02/2018 10:09:44
imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.