ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SÁBADO  16    CAMPO GRANDE 21º

Diversão

Cansou da Netflix? Lado B testou streaming exclusivo de animes

Nesse mês, a plataforma é bem específica de animes, com um catálogo de mais de 1 mil opções

Por Bárbara Cavalcanti | 26/09/2021 07:50
Cavaleiros do Zodiáco é uma das opçõe disponíveis no streaming Crunchyroll. (Foto: Reprodução)
Cavaleiros do Zodiáco é uma das opçõe disponíveis no streaming Crunchyroll. (Foto: Reprodução)

A Netflix é apenas um dos serviços de streaming disponíveis. Como a opção entre vários outros é enorme, todos os meses, o Lado B experimenta uma plataforma e trazer aqui todo feedback para facilitar a vida do leitor que quer testar um streaming novo. Esse mês, a plataforma é perfeita para você que, como eu e meus irmãos, gosta um pouco até demais de animes: Crunchyroll, o streaming dos desenhos asiáticos.

Naruto, Inuyasha, Bleach, Yu-Gi-Oh, Cavaleiros do Zodiácos e One Piece são apenas alguns dos títulos no catálogo de mais de 1 mil opções. A empresa estado-unidense existe desde 2006 e traz essa proposta de ter animes reunidos em um só lugar, com opções legendadas e dubladas.

Esse, a meu ver, é o lado bom do Crunchyroll. Outras plataformas de streaming também têm algumas opções de anime, mas por questões de licenças e direitos, algumas têm apenas uma parte das temporadas e títulos limitados.

É obvio que é uma coisa bem específica. O usuário tem que gostar mesmo de anime para assinar um serviço apenas com isso. Os planos premium, que inclui a opção sem anúncios, acesso sem limites a todo conteúdo e em HD, custam a partir de R$ 25, sem especificação de quantidade de telas que podem assistir simultaneamente. São 14 dias de teste gratuitos.

Mas eis que outra grande vantagem do Crunchyroll é que é possível assistir tudo que ali existe grátis, sem nem mesmo precisar cadastrar um usuário. Se você é paciente com anúncios, claro. No início, testei a versão free, e em um anime de 20 minutos de duração aparecem em média uns três anúncios. É bem parecido com assistir um vídeo no Youtube.

O site é meio antiquado. Achei o layout meio sem graça e dá a sensação até de estar em um site clandestino. Pelo site às vezes a navegação é um pouco difícil e eu mesma me perdi diversas vezes. Em compensação, o aplicativo tem um layout bem parecido com outros serviços, com opções de criar listas e voltar a assistir onde parou.

O layout do site é brega, mas é legítimo. (Foto: Reprodução)
O layout do site é brega, mas é legítimo. (Foto: Reprodução)

Eu mesma confesso que assisti apenas uma coisa: One Piece, o anime muitas vezes conhecido por ser infinitivo, pois já tem mais de 1 mil episódios e os criadores ainda não anunciaram qualquer término a vista. Mas a plataforma tem até opções de criações originais.

O único ponto explicitamente negativo é que, dependendo do anime que você escolhe, não existe legenda em português. Se você não se garante no inglês, pode ser que fique na mão. Ah, e também não existe a opção de pular a abertura. É impressionante como a Netflix me mal acostumou com isso.

Curta o Lado B no Facebook. Tem uma pauta bacana para sugerir? Mande pelas redes sociais, e-mail: ladob@news.com.br ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário