ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SEXTA  24    CAMPO GRANDE 31º

Diversão

Cidade do Natal abre as portas com fábrica de brinquedos e quatro papais noéis

Por Paula Maciulevicius | 12/12/2013 23:19
A fábrica de sonhos realmente é uma loja de brinquedos. (Fotos: João Garrigó)
A fábrica de sonhos realmente é uma loja de brinquedos. (Fotos: João Garrigó)

O Natal chegou aos altos da avenida Afonso Pena na noite desta quinta-feira. Depois de protagonizar polêmicas que envolveram demolição de castelo, ter ou não iluminação nas ruas, agora é oficial: a Cidade abriu as portas ao Natal. Sob fogos e com uma decoração mais simples. As cores ficaram praticamente entre o branco, azul e amarelo. A árvore dessa vez é menor, toda azul, com a estrela branca no topo.

Para este ano, o Papai Noel parece ter se multiplicado. A criançada vai ver quatro bons velhinhos vestindo vermelho pelo local. Todos eles são papais de primeira viagem. O que vai ficar na poltrona, dentro da fábrica de brinquedos recebendo os pequenos é Jamacy Leite, de 73 anos. “A barriga é legítima mesmo”, brinca. Só a barba que é de mentira.

A fábrica de sonhos realmente é uma loja de brinquedos, onde Papai Noel e os ajudantes estão no retoque final dos presentes. Na porta, o bom velhinho é escoltado por dois soldadinhos de chumbo. Tecidos brancos caem do teto, o mesmo é pintado de azul com nuvens e estrelas, que prendem presentes e gaiolas.

Cidade do Natal abre as portas com fábrica de brinquedos e quatro papais noéis

As prateleiras mostram os brinquedos prontos, bonecas e ursinhos e uma mesa no centro coloca à vista que Papai Noel ainda tem muito trabalho até o dia 25. Peças de madeira que estão ganhando cores. Uma roda gigante, carrinhos e bailarinas. Por falar nelas, há dois casais dentro da fábrica, prontos para receberem os pequenos.

“É legal, a gente vê a alegria das crianças de perto”, conta a bailarina Thaíse Assis, de 15 anos, que até janeiro é monitora na Cidade.

No fundo, quem se aproximava da fábrica era o eletricista Evanildo da Silva, de 39 anos. Ele ainda estava de uniforme. Era um dos operários que correu contra o tempo para deixar tudo pronto para o Natal. Agora ele aproveita a folga, para mostrar ao filho como ficou. “E ficou lindo mesmo, a gente não sabe nem o que dizer”, comenta.

Agora o eletricista aproveita a folga, para mostrar ao filho como ficou todo o trabalho.
Agora o eletricista aproveita a folga, para mostrar ao filho como ficou todo o trabalho.
Camila e a família olhavam as fotos tiradas com a árvore de Natal de fundo, nas cores azul e branca.
Camila e a família olhavam as fotos tiradas com a árvore de Natal de fundo, nas cores azul e branca.

Na árvore de Natal, a administradora Camila Barbosa, de 32 anos, fazia pose junto do marido e do filho, a primeira de muitas fotos da noite. “Ficou muito lindo, bem iluminado, realmente é o Natal, apesar de ter sido feito às pressas”, afirma.

O diretor-presidente da Fundac (Fundação Municipal de Cultura), Julio Cabral, manteve o discurso feito no início da reforma. “A decoração foi mais criativa e com menos glamour. Nós tivemos que trabalhar com a criatividade. Antes tinha estrutura construída e eles iam comprando, mas aquela decoração, não existe mais”, justifica.

Segundo o secretário, parte da decoração foi financiada pela Coca-Cola, que mantém um quiosque na Cidade e também um dos Papai Noel da festa. Ele volta a frisar que a criatividade saiu de Valdir Gomes, assessor do gabinete do prefeito, e que cuidou de tudo. “A iluminação, a decoração toda é do Valdir”, complementa.

A estimativa é que 600 mil pessoas passem pela Cidade até o fechamento, no dia 6 de janeiro. A programação conta com shows e apresentações nas noites. Hoje a abertura era por conta do fenômeno infantil “Galinha Pintadinha”.

Peças de madeira que estão ganhando cores pelas mãos dos ajudantes de Papai Noel. Uma das novidades da fábrica de brinquedos.
Peças de madeira que estão ganhando cores pelas mãos dos ajudantes de Papai Noel. Uma das novidades da fábrica de brinquedos.
Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário