A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 25 de Março de 2017

09/07/2013 12:20

Com um ritmo mais ‘jazzístico’, Cena Som apresenta show de Lucas Brandão

Paula Maciulevicius
ompositor desde os 15 anos, Lucas possui um repertório de 12 canções autorais em estilo Bossa Nova. (Foto: Helton Pérez)ompositor desde os 15 anos, Lucas possui um repertório de 12 canções autorais em estilo Bossa Nova. (Foto: Helton Pérez)

Seguindo uma vertente mais jazzística do samba, a Bossa Nova ganha vida e novos temas com as composições do espetáculo “Novos Sambas - Bossa Nova”, que será apresentado nesta quinta-feira, por Lucas Brandão, no Cena Som.

Acompanhado de quatro expressivos músicos de Campo Grande: Otávio Neto, Junior Matos, Ana Paula Soares e Diogo Zarate, no repertório, estão novas canções de autoria de Lucas, com arranjos de bom gosto e letras marcantes.
O espetáculo começa às 20 horas no teatro Aracy balabanian, no Centro Cultural José Octávio Guizzo.

A duração aproximada é de 60 minutos onde serão apresentadas ao público 11 canções inéditas que passeiam por estilos anteriores a Bossa Nova, como Boleros e o clássico Samba-Canção, ritmos essenciais na construção da MPB.

Com harmonias trabalhadas, as letras também buscam espaço no cotidiano das pessoas, retratando o amor, criticando a corrupção (Valisa), homenageando a cidade de Campo Grande (Cidade de Ipês) e o “Próprio Ofício” (canção do compositor, em parceria com Elânio Rodrigues).

Valorizando o solo de cada um dos instrumentos nos arranjos, o espetáculo vem com a proposta de trazer ao palco timbres diferentes, que passam pelo piano elétrico até a bateria. Todos estes elementos se somam ao clássico e suave toque que o violão proporciona no estilo.

Natural de Campo Grande, Lucas Brandão é acadêmico de bacharelado em Violão no Conservatório Brasileiro de Música, no Rio de Janeiro. Compositor desde os 15 anos, Lucas possui um repertório de 12 canções autorais em estilo Bossa Nova.

Os ingressos têm valor de R$ 15,00 (inteira) e R$ 7,50 (meia). A meia-entrada é valida para estudantes, professores, doadores de sangue e idosos (acima de 60 anos), com a apresentação de seu respectivo comprovante.

Outras informações podem ser obtidas pelo telefone 3317-1795 ou no Centro Cultural José Octávio Guizzo, que fica localizado na rua 26 de Agosto, 453, entre a Calógeras e a 14 de Julho.




imagem transparente
Busca

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2017 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.