ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEXTA  23    CAMPO GRANDE 21º

Diversão

Em noite do MPB, Gal Costa levou mais de 7 mil pessoas para Festival de Inverno

A cantora lotou o Palco das Águas no terceiro dia de evento e fez o público cantar junto canções e protestos

Por Alana Portela e Richard Lima | 28/07/2019 08:31
Gal Costa cantou canções que marcaram sua carreira (Foto: Ricardo Gomes)
Gal Costa cantou canções que marcaram sua carreira (Foto: Ricardo Gomes)

Na noite do MPB, mais de sete mil pessoas lotaram o Palco das Águas para ver e ouvir Gal Costa, em Bonito, a 296 quilômetros de Campo Grande. A cantora participou do terceiro dia do Festival de Inverno, que termina neste domingo com Lenine.

A cantora subiu ao palco com uns 20 minutos de atraso, mas chegou com “Dê um rolê”, que fala de alguém que é amor da cabeça aos pés. Na sequência emendou canções como “Chuva de Prata”, “Mamãe Coragem’ e quando chegou o momento da música “Que pena” fez o público cantar junto.

Gal animou a galera e “levou” para o palco Djavan, cantando a música “Azul”, e também fez o público recordar de Roberto Carlos com as canções “As curvas da estada de santos” e “Sua estupidez”. Durante o show, ela apresentou a turnê “A Pele do Futuro”, trabalho que estreou em dezembro de 2018 e já passou por São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Recife, Belo Horizonte, entre outras.

Na hora do bis, antes do clássico "Balancê", o show virou protesto, com o público inteiro xingando o presidente Jair Bolsonaro, e Gal dançando ao coro de "Bolsonaro, vai tomar no c..."

O público lotou o Palco das Águas (Foto: Ricardo Gomes)
O público lotou o Palco das Águas (Foto: Ricardo Gomes)

Na platéia - O empresário, João Marcos Amaral, 26 anos, esteve no festival pela primeira vez. Ele é de Aquidauana, já tinha ouvido falar no evento e resolveu ir até Bonito conferir as novidades. “A galera é diferente, receptiva. No local do evento tem bastante espaço para interagir. MPB, é a essência do Brasil”, disse.

A estudante, Mariana Filgueiras, 18 anos, participou do evento. De Anastácio, ela decidiu encarar a estrada para aproveitar o festival e curtir a apresentação de Gal Gosta. “É diferente porque no Estado tem muito sertanejo. É interessante sair da cidade para vir assistir MPB. O espaço é amplo, com bastante turistas, só é um pouco caro. Hotéis são difíceis de achar e estão acima do preço. Entretanto, vale a pena por conta do festival”, afirmou.

Abertura – No sábado, antes de Gal, o público assisitiu ao espetáculo de dança “O que ainda guardo”, do grupo Bazar Cia de Dança (Goiânia), na Praça da Liberdade. Quem abriu o show principal foi Guilherme Rondon e Urbem, no Palco das Águas. O festival encerra neste domingo com apresentação do cantor Lenine, às 22h. 

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram

Guilherme Rondon e Urbem abriu a apresentação de ontem (Foto: Ricardo Gomes)
Guilherme Rondon e Urbem abriu a apresentação de ontem (Foto: Ricardo Gomes)
Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário