A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 23 de Agosto de 2019

28/07/2019 08:31

Em noite do MPB, Gal Costa levou mais de 7 mil pessoas para Festival de Inverno

A cantora lotou o Palco das Águas no terceiro dia de evento e fez o público cantar junto canções e protestos

Alana Portela e Richard Lima
Gal Costa cantou canções que marcaram sua carreira (Foto: Ricardo Gomes)Gal Costa cantou canções que marcaram sua carreira (Foto: Ricardo Gomes)

Na noite do MPB, mais de sete mil pessoas lotaram o Palco das Águas para ver e ouvir Gal Costa, em Bonito, a 296 quilômetros de Campo Grande. A cantora participou do terceiro dia do Festival de Inverno, que termina neste domingo com Lenine.

A cantora subiu ao palco com uns 20 minutos de atraso, mas chegou com “Dê um rolê”, que fala de alguém que é amor da cabeça aos pés. Na sequência emendou canções como “Chuva de Prata”, “Mamãe Coragem’ e quando chegou o momento da música “Que pena” fez o público cantar junto.

Gal animou a galera e “levou” para o palco Djavan, cantando a música “Azul”, e também fez o público recordar de Roberto Carlos com as canções “As curvas da estada de santos” e “Sua estupidez”. Durante o show, ela apresentou a turnê “A Pele do Futuro”, trabalho que estreou em dezembro de 2018 e já passou por São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Recife, Belo Horizonte, entre outras.

Na hora do bis, antes do clássico "Balancê", o show virou protesto, com o público inteiro xingando o presidente Jair Bolsonaro, e Gal dançando ao coro de "Bolsonaro, vai tomar no c..."

O público lotou o Palco das Águas (Foto: Ricardo Gomes)O público lotou o Palco das Águas (Foto: Ricardo Gomes)

Na platéia - O empresário, João Marcos Amaral, 26 anos, esteve no festival pela primeira vez. Ele é de Aquidauana, já tinha ouvido falar no evento e resolveu ir até Bonito conferir as novidades. “A galera é diferente, receptiva. No local do evento tem bastante espaço para interagir. MPB, é a essência do Brasil”, disse.

A estudante, Mariana Filgueiras, 18 anos, participou do evento. De Anastácio, ela decidiu encarar a estrada para aproveitar o festival e curtir a apresentação de Gal Gosta. “É diferente porque no Estado tem muito sertanejo. É interessante sair da cidade para vir assistir MPB. O espaço é amplo, com bastante turistas, só é um pouco caro. Hotéis são difíceis de achar e estão acima do preço. Entretanto, vale a pena por conta do festival”, afirmou.

Abertura – No sábado, antes de Gal, o público assisitiu ao espetáculo de dança “O que ainda guardo”, do grupo Bazar Cia de Dança (Goiânia), na Praça da Liberdade. Quem abriu o show principal foi Guilherme Rondon e Urbem, no Palco das Águas. O festival encerra neste domingo com apresentação do cantor Lenine, às 22h. 

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram

 

 

Guilherme Rondon e Urbem abriu a apresentação de ontem (Foto: Ricardo Gomes)Guilherme Rondon e Urbem abriu a apresentação de ontem (Foto: Ricardo Gomes)


Que vergonha para ela, xingar o homem que está tirando o País da lama. A teta acabou cumadi! embora nunca tenha precisado, ela faz parte dos que viviam soberbamente às custas dos desmandos da esquerdalha! lamentável! 'que pena'! comprei quase todos os seus discos... prestigiei, por ser muito fã, a vida toda, mas, SOU BRASILEIRA RAIZ!
 
Lia em 28/07/2019 09:28:43
imagem transparente

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.