ACOMPANHE-NOS    
JULHO, TERÇA  14    CAMPO GRANDE 20º

Diversão

Festa tradicional vira ação solidária para trocar chope por doação de alimentos

Grupo vai trocar litros de chope por alimentos não perecíveis doados em um drive-thru solidário na Avenida Afonso Pena

Por Thailla Torres | 27/05/2020 17:55
Chope será trocado por alimentos não perecíveis. (Foto: Arquivo/Kísie Ainoã)
Chope será trocado por alimentos não perecíveis. (Foto: Arquivo/Kísie Ainoã)

Sem chance para festas e aglomerações, o instituto Tamojunto, conhecido pela realização da tradicional feijoada beneficente neste período do ano, decidiu apostar em uma ação solidária em Campo Grande. No sábado, 6 de junho, das 9h às 16h, o grupo vai trocar dois litros de chope por cada dois quilos de alimentos não perecíveis doado em um  drive-thru solidário. O que for arrecadado será doado para comunidades carentes do município.

Serão disponibilizados 10 mil litros de bebida para serem trocados. O limite é de 10 litros por veículo.

Para retirar a bebida é necessário ir até o drive-thru com 10 postos de troca que será montado nos Altos da Avenida Afonso Pena. Ao entregar os alimentos, as pessoas receberão fichas correspondentes ao peso do que foi doado e poderão retirar a mesma quantidade em litros de chope Moema, que serão entregues envazados em garrafas pet de 2 litros.

Iniciativa – Por causa da pandemia do novo coronavírus, o instituto não realizará a tradicional feijoada, que chega a reunir mais de duas mil pessoas a cada evento. Este ano a festa comemoraria sua oitava edição. Mas isso não significou o fim da solidariedade

A estimativa dos organizadores é arrecadar aproximadamente 10 toneladas de alimentos para doar às famílias carentes e instituições de apoio. O grupo informa que 30% do que for arrecadado será destinado ao FAC – Fundo de Apoio à Comunidade, da Prefeitura de Campo Grande que é apoiadora da ação “Chopp Solidário”, realizada pelo Instituto e Cervejaria Bamboa.

O evento será no sábado, 6 de junho, das 9h às 16h, nos Altos da Avenida Afonso Pena, em frente ao Parque das Nações Indígenas.