A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 19 de Fevereiro de 2018

10/06/2017 08:24

Frio não espanta fiéis que abrem o 1º dia de quermesse tradicional da cidade

Thailla Torres
Victor era o mais animado por ser o noivo mirim da festa. (Foto: Alcides Neto)Victor era o mais animado por ser o noivo mirim da festa. (Foto: Alcides Neto)

Quermesse boa é de igreja e quem abriu a temporada religiosa de festas ontem foi a Paróquia Santo Antônio. O frio chegou forte, mas sair de casa compensou pela música vivo e as comidinhas típicas. Na estreia do mês junino, os únicos desejos de quem apareceu é que a festa não perca a essência religiosa, e continue sem querer botar frescura na hora de preparar as comidas. 

A festa segue até 13 de junho na matriz de Campo Grande, no Centro. Para completar as atividades, na terça-feira (13), dia do padroeiro, também haverá missa seguida da entrega do bolo que todo ano atrai devotos em busca de casamento e saúde.

Com expectativa de receber cerca de 1,2 mil pessoas, padre Odair Costa explica que a única finalidade da quermesse é união. "É mais do que uma festa, é união da comunidade. Por isso, a quermesse é tão importante. É como um chamariz para atrair as pessoas para compartilhar e posteriormente à religiosidade", afirma.

Agda (no centro) na companhia da filha e da neta, um encontro de gerações. Agda (no centro) na companhia da filha e da neta, um encontro de gerações.

Além de música e quadrilha, tem uma variedade de comidas típicas bem saborosas, mas que não fogem do comum, o que é comemorado pela maioria. "Não dá para querer gourmetizar até festa junina. A gente gosta mesmo é daquelas comidas caseiras, com cara que foi feita pela família", diz o empresário Paulo Costa, de 32 anos.

Nas barracas, tem cachorro-quente e pastel a R$ 4,00, espetinho e carreteiro por R$ 7,00, dez tipos de tapioca a R$ 5,00 cada, além de doces (cocada, arroz doce, curau, bolo de cenoura, chocolates e maçã do amor) de 3,00 a R$ 5,00 e caldos por R$ 4,00.

Devota de Santo Antônio, dona Agda Rezende de Pádua Guimarães, de 58 anos, comemora ter até sobre nome de santo e faz questão de participar da quermesse todos os anos. "Participo há muitos anos e essa festa é de união. Conheci a paróquia quando meu sonho era casar nela, mas estava em construção e tive que casar na São Francisco, mas meu santo é daqui", diz. 

Mas animado mesmo, estava o neto dela, de 10 anos, que ia casar pela primeira vez. "Eu sou o noivo da quadrilha", diz Victor de Pádua Guimarães. Todo alegre, ele se sente muito importante de ser o responsável de puxar a quadrilha das crianças. "Acho que ninguém quis por isso, tinha que ensaiar muito bem. Mas eu aceitei casar de verdade", brinca. 

 

Familiares e amigos na barraca do doce. Familiares e amigos na barraca do doce.

Se tivesse competição, a barraca de doce ganharia no entusiamo. Comandada pela decoradora, JUlian Yussif, de 53 anos, ela e os filhos de coração preparam quitutes que faz qualquer um matar a saudade. "Só coisa típica. Cada um fez um pouquinho e trouxe para vender", explica. Devota e participante da comunidade há 7 anos, Julian acredita que a quermesse é um momento para reafirmar toda devoção.

"É um momento que participamos por ele (padroeiro). A gente não quer isso só para fazer uma festa bonita, mas festejar a união dos amigos, da família e principalmente da comunidade. Muita gente não se encontra no decorrer do ano, então a festa também chega com esse propósito". 

Na paróquia há mais de 40 anos, a aposentada Norma Cordeiro, de 82 anos é responsável pelo encontro de gerações na quermesse. "Venho aqui todos os anos e tenho que trazer, filhos, netos e bisnetos para assistir a missa e comer também", comenta.

Quem quiser aproveitar a festa acontece até o dia 13 na Paróquia Santo Antônio que fica Travessa LydiaBaís.

Confira a programação de quermesses de igreja pela cidade:

10 a 25/06: Quermesse da Sagrado Coração de Jesus (Av. Mato Grosso, 3220)

10 (hoje): Quermesse da São Francisco de Assis (Rua 14 de Julho, 423, Centro)

 

Festa acontece do dia 9 a 13 de junho na Paróquia Santo Antônio)Festa acontece do dia 9 a 13 de junho na Paróquia Santo Antônio)


imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.