A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 26 de Setembro de 2018

06/01/2017 12:28

Reconhecidos por clientes, funcionários do vídeo que bombou se divertem com fama

Paula Maciulevicius
Vinícius e Diego, funcionários que aparecem na coreografia do coro. Vinícius e Diego, funcionários que aparecem na coreografia do coro.

A trilha sonora hoje da loja era a paródia que os próprios funcionários criaram da música coreana Gangnam Style. O "Vou lá comprar" além de ficar na cabeça dos consumidores, rendeu fama à turma que aparece, quase todos os que trabalham no Magazine Luiza do Shopping Bosque dos Ipês.

Criado pelo vendedor líder (mesmo que chefe de vendas), Leandro Stefanini da Silva, o vídeo ganhou repercussão depois de ser compartilhado nas redes sociais. A ideia foi marketing da própria empresa que fez uma proposta aos funcionários para ver quem conseguiria fazer um material engraçado.

"Era uma disputa interna entre as lojas para ver a criatividade. Eles já vem um tempo nos incentivando a fazer vídeos e nós fomos destaque agora", afirma Leandro. 

O projeto seguiu o que eles haviam estudado com a parte de gestão de pessoas da loja: deveria ter uma melodia chiclete. E a produção do vídeo começa na casa de Leandro, em volta da piscina e também no sofá da sala. Fora ele e Nayara, uma colega que interpreta a esposa de Leandro, mais três funcionários ficaram responsáveis pelas imagens, gravadas com celular e uma câmera digital Sony, das mais "simples", classificou o vendedor.

"Como dizem nos comentários do vídeo, é 'semi-profissional', mas a gente está mais para amador mesmo", brinca Leandro.

Estoquista, Diego Oliveira, de 24 anos, é quem aparece ao lado de Vinícius, à frente da fila de espera na porta da loja. "A gente direto faz vídeo dançando. Cliente já reconheceu e chegou me abraçando", tira onda. 

Gerente, Márcio Rodrigo, de 36 anos, fala que nas primeiras horas, o vídeo teve 50 mil visualizações, muito acima das 15 mil que as postagens costumam atingir. "Como os amigos foram compartilhando, viralizou. O shopping ele tem um fluxo menor do que as outras lojas, então a gente usa para divulgar as nossas ofertas e trazer clientes para cá. Temos um número de seguidores maior em relação às outras", compara.  

Leandro, criador dos vídeos que acatou a proposta da empresa de fazer algo engraçado. Leandro, criador dos vídeos que acatou a proposta da empresa de fazer algo engraçado.
Mãe e filha, Luciene e Nathaly viram vídeo e reconheceram funcionário que as atendeu. Mãe e filha, Luciene e Nathaly viram vídeo e reconheceram funcionário que as atendeu.

Nayara e Paulo são analistas de crédito e no vídeo tiveram participações distintas. Ela fazia a esposa que queria um novo celular e ele fez toda edição de áudio. "Praticamente a loja inteira participou. A gente não achava que ia ter tudo isso de repercussão", diz Nayara Oliveira, de 23 anos. "É bem gratificante", completa Paulo Ricardo Fremiot, de 25.

Gravado em dois dias e editado em mais dois, o vídeo estava pronto desde o primeiro dia do ano. E foi pelas redes sociais que o encarregado administrativo, Abraão Araújo, de 27 anos, viu a brincadeira. "Legal a iniciativa, é tipo um merchan da loja, mas com os próprios funcionários", comenta.

Encarregado de conservação predial, Ademir de Souza, de 47 anos, chegou ao vídeo pelo filho que viu primeiro. "Achei bem bolado, legal mesmo. Tomara que traga gente para cá", diz. 

Mãe e filha que procuravam um sofá, Luciene e Nathaly viram quando a paródia 'saltou' na timeline. "Foi bacana, um jeito deles fazerem promoção. Todo mundo riu", conta a autônoma Luciene Silva Moraes, de 38 anos.

Em todos os seis vídeos que Leandro já produziu da loja, sempre tem o mesmo funcionário dançando com a TV de 75 polegadas. Os colegas tiram sarro, dizendo que ele tem um "relacionamento sério com a TV".

"É só porque ela é maior que eu", explica Nilton França. O vendedor tem 1,62m e a TV, 1,72m de altura. "Um dia eu vou comprar ela, só que tem que ter sala primeiro, mas é um sonho de consumo", brinca. 

Curta o Lado B no Facebook.

Em relacionamento sério com a TV, Nilton é 10cm menor do que o aparelho e sempre aparece dançando com ela. Em relacionamento sério com a TV, Nilton é 10cm menor do que o aparelho e sempre aparece dançando com ela.


imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.