ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, TERÇA  28    CAMPO GRANDE 16º

Diversão

Som da Concha terá shows de Matu Miranda e Encontros da Quarentena

Programação no Parque das Nações Indígenas tem entrada gratuita.

Thailla Torres | 22/09/2022 14:37
“Matutando Ventania” é o novo show do cantor e compositor sul-mato-grossense Matu Miranda.
“Matutando Ventania” é o novo show do cantor e compositor sul-mato-grossense Matu Miranda.

Com entrada gratuita, a Concha Acústica Helena Meirelles recebe no próximo domingo (25), a partir das 18 horas, o projeto Som da Concha, com shows de “Encontros de Quarentena” e Matu Miranda.

“Encontros de Quarentena – Som do MS” traz ao palco a materialização da JAM virtual que vem movimentando a cena musical do Estado desde a pandemia, num show que prestigia canções sul-mato-grossenses, agora para além dos palcos virtuais, com o vigor do vivo e em conjunto.

Leca Harper (violão/voz), Adilson Big Fernandes (guitarra/voz), Leonardo Reis (baixo), Alex Cavalheri (teclados) e Marcelo Ferreira (bateria) recebem no palco artistas da música sul-mato-grossense, Gilson Espíndola, Karina Marques e Wille Bruno.

Leca Harper é a idealizadora, produtora e responsável pela edição de vídeos dos Encontros de Quarentena. Já Adilson Big Fernandes comanda a edição de áudio e mixagem de cada canção. Os episódios são distribuídos nas páginas do projeto: Instagram, Facebook e YouTube e todo o trabalho busca a promoção de engajamento entre artistas, a produção musical e a nutrição de novas amizades entre os pares.

Mais de 250 artistas já subiram ao palco virtual do Encontros de Quarentena e muitos outros já estão programados para se juntar ao time.g

Já o “Matutando Ventania” é o novo show do cantor e compositor sul-mato-grossense Matu Miranda. Com composições e releituras ligadas à poética do vento e à contemplação da natureza, traz uma linguagem de canção brasileira misturada com jazz, forró, pop, blues e música regional. Um show simultaneamente empolgante e profundo.

Aos 27 anos, o artista possui uma poética inventiva e contemporânea nas suas letras, com versos que abordam desde temáticas mais metafísicas a críticas sociais. Sua personalidade musical é marcante, propondo novos caminhos sonoros. Agrega influências da música instrumental brasileira, música nordestina, jazz, soul, MPB, pop, o que resulta numa música original.

O show começa às 18h, no domingo (25), na Concha Acústica Helena Meirelles, no Parque das Nações Indígenas. A entrada é gratuita.

Acompanhe o Lado B no Instagram @ladobcgoficial, Facebook e Twitter. Tem pauta para sugerir? Mande nas redes sociais ou no Direto das Ruas através do WhatsApp (67) 99669-9563 (chame aqui).

Nos siga no Google Notícias