ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, QUARTA  27    CAMPO GRANDE 21º

Faz Bem!

3 dietas que estarão em alta nesse verão

Por Izabel Toscano | 01/12/2020 12:12
As dietas naturais são a nova moda do verão para você ficar em paz com o seu corpo. Autor: Aianana / Fonte: Pixabay.com
As dietas naturais são a nova moda do verão para você ficar em paz com o seu corpo. Autor: Aianana / Fonte: Pixabay.com

É sempre assim. Chega o fim do ano e homens e mulheres se desdobram para correr atrás do tempo perdido e garantir o corpo ideal para o verão que se aproxima. Ainda mais neste ano de tantos desafios.

É inegável que 2020 foi um ano difícil e atípico. Por isso, muita gente acabou deixando o cuidado com a forma física de lado. Mas não é preciso desespero nem desânimo.

Mesmo que não exista uma fórmula mágica, que leve ao emagrecimento e à boa forma em pouco tempo, ainda é possível adotar algumas práticas para garantir um verão em paz com o seu próprio corpo.

Conversamos com especialistas que recomendaram três dietas saudáveis que estarão em alta no verão 2021.

Dieta desintoxicante

Romina Cerutti, nutricionista e editora do site especializado Saudável & Forte, recomenda que você invista em uma dieta desintoxicante. “Uma forma saudável de limpar o organismo é investir em um suco verde na hora que acordar e manter uma alimentação saudável no resto do dia”, afirma.

Esse é na verdade o princípio da alimentação viva, na qual os adeptos consomem apenas alimentos crus. Nesse caso, porém, como se trata de uma dieta temporária, é possível consumir alimentos cozidos na parte da tarde. Ainda assim, você sentirá os benefícios de maneira rápida.

Dieta vegetal + Low carb

Você não precisa virar vegetariano, nem vegano, nem cortar todo o carboidrato para ficar em forma. Mas se você der uma chance a uma alimentação baseada em plantas e reduzir o consumo de carnes, leites e derivados gordurosos, além dos carboidratos com alto índice glicêmico, verá rapidamente os benefícios.

Você pode começar com a diminuição das porções de alimentos de origem animal e até escolher um ou dois dias sem que eles entrem no cardápio. No caso dos carboidratos, opte pelos de baixo índice glicêmico e em porções reduzidas. O bom é que hoje já existem receitas de pães, bolos e doces low carb.

Para garantir uma boa nutrição, e ainda perder uns quilinhos extras, invista em cereais integrais, grãos como feijão, ervilha, lentilha e grão de bico – fontes vegetais de proteína -, e na variedade de cores de legumes, verduras e frutas.

Dieta sem glúten

Hoje em dia é grande o número de pessoas que eliminou ou reduziu o consumo de glúten. Na maioria das vezes, isso se dá por conta da intolerância ou sensibilidade alimentar ao nutriente. Porém, muitos perceberam também o benefício para o corpo ao retirar o glúten da dieta.

O glúten é uma proteína vegetal presente no trigo, na aveia, no centeio, na cevada, no malte e em produtos que possuem esses ingredientes. E, ainda que o nutriente em si não engorde, ao adotar uma dieta sem glúten, você estará reduzindo o consumo de calorias. O que, por consequência, ajuda a emagrecer.




Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário