ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SEGUNDA  08    CAMPO GRANDE 20º

Faz Bem!

Lenise monta “farmácia natural” para mostrar o poder dos óleos

Após ver benefícios dos óleos essenciais, ela ajuda outras pessoas a entenderem o tema

Por Jéssica Fernandes | 13/07/2022 07:51
Consultora do bem-estar, Lenise é adepta dos óleos essenciais. (Foto: Arquivo pessoal)
Consultora do bem-estar, Lenise é adepta dos óleos essenciais. (Foto: Arquivo pessoal)

Há seis anos, Lenise Chiad, ouviu pela primeira vez sobre os benefícios dos óleos essenciais. Depois de adquirir um frasco com o intuito de ter mais concentração para estudar, ela descobriu um aliado e nunca mais abriu mão. Hoje, a bacharel em Direito, de 26 anos, ajuda outras pessoas a descobrirem os benefícios oferecidos pelo poderoso óleo natural.

Consultora do bem-estar da marca Dõterra, Lenise trabalha com o que chama de ‘Farmácia Natural’. Ela explica que essa farmácia é composta por kits de diferentes tipos de óleos. “Em cada kit a gente consegue ter infinitas possibilidades, porque o óleo tem várias funções, tanto pro sistema imunológico e até para o emocional. O óleo melhora nossa saúde de forma geral e quando usamos acaba se tornando um estilo de vida”, fala.

De acordo com Lenise, o óleo essencial é um complemento, por isso, é importante que a pessoa mantenha uma rotina saudável. "Você tendo alimentação saudável e fazendo exercícios interfere muito na forma como o óleo vai agir. É um conjunto”, enfatiza.

Apesar dos benefícios, ela alerta que certas situações ou problemas não podem ser tratados somente com o produto. No caso, a opinião de um profissional é o fator decisivo. “Não é uma indicação médica. Nada substitui o diagnóstico”, afirma.

O óleo e suas possibilidades - Componentes naturais extraídos das sementes, folhas, raízes e flores, eles apresentam inúmeros compostos e são extremamente concentrados. Por exemplo, uma gota do óleo peppermint equivale a 25 xícaras de chá. "Uma gota de um óleo bem concentrado e você não precisa de mais nada”, declara a consultora.

Devido a essa versatilidade do óleo essencial, Lenise esclarece que é preciso saber qual necessidade a pessoa quer suprir. “O óleo essencial é uma planta e não tem uma única função. É a forma como você usa”, garante. Antes de vender o produto, ela procura entender o que o outro quer. “A pessoa vai falar o que ela está buscando e vamos indicando. Tem pessoas que não fazem ideia do que é e a gente vai mostrando”, pontua.

Seja diluindo uma gota no copo ou aplicando de outra forma, a consultora relata que a maior qualidade dele é a ausência de efeito colateral. “É legal porque é uma alternativa que não tem efeito colateral, é seguro e se você usar da forma certa você não vai ter problemas com ele”, diz.

Minha mãe trabalha com plantas há mais de 20 anos. Desde pequena estou nesse ramo, sempre com muita planta em volta e muito conhecimento. Sempre me interessou bastante”, conclui.

Quem quiser conhecer o trabalho dela, o perfil no Instagram é @lenisechiad.aromaterapia

Acompanhe o Lado B no Instagram @ladobcgoficial, Facebook e Twitter. Tem pauta para sugerir? Mande nas redes sociais ou no Direto das Ruas através do WhatsApp (67) 99669-9563 (chame aqui).

Nos siga no Google Notícias