ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEGUNDA  26    CAMPO GRANDE 25º

Faz Bem!

Massagens terapêuticas liberam hormônios que proporcionam bem-estar

Além de influenciar o lado psicológico das pessoas, terapias melhoram a saúde do corpo

Por Post Patrocinado | 15/09/2020 17:00
(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Reconhecidas pelos benefícios proporcionados à saúde, sessões de massagem comprovadamente estimulam a produção dos hormônios responsáveis pelas sensações de bem-estar.

Essas percepções inclusive estão relacionadas à maior qualidade de vida, uma vez que momentos desta natureza desencadeiam relaxamento e prazer, aliviando o estresse e prevenindo doenças variadas.

Os adeptos das massagens relaxantes provam os benefícios de quatro hormônios responsáveis por estimular sensações de felicidade, bem-estar, alegria e disposição – endorfina, dopamina, serotonina, ocitocina.

Todas essas substâncias são produzidas pelo cérebro e atuam como neurotransmissores, levando tais sensações às células nervosas. Estas, por sua vez, enviam sinais ao sistema nervoso central. Pessoas com dificuldades para produzir hormônios espontaneamente podem ingeri-los sinteticamente, desde que receitados por um médico.

Ajudam na liberação desses hormônios uma alimentação balanceada (sem exageros), a prática constante de atividades físicas e a aplicação de técnicas de massagens relaxantes.

Sim, massagens relaxantes. Elas, por exemplo, liberam serotonina – hormônio da felicidade e prazer que, além de atuar para melhorar o lado psicológico do praticante, ajuda a melhorar a saúde corporal, regulando o funcionamento intestinal e o humor, incluindo a qualidade óssea e do sono.

Estudos sobre os benefícios da massagem relaxante demonstram sua eficácia para reduzir o estresse, a dor e a tensão muscular. Pode ainda ser útil contra ansiedade, desordens digestivas, fibromialgia, dores de cabeça, insônia relacionada ao estresse, síndrome de dor miofascial, distúrbios ou lesões de tecidos moles, lesões esportivas e dor nas articulações temporomandibulares.

Alguns tipos de massagens têm feito sucesso entre as pessoas em todo o mundo e também no Brasil, com o crescimento do número de massoterapeutas e massagistas especializados em diversas técnicas, como os exemplos a seguir:

Massagem sueca - Forma suave que usa movimentos longos e circulares profundos, vibração e batidas para ajudar a relaxar e energizar o corpo do praticante.

Massagem profunda - Essa técnica usa movimentos mais lentos e fortes para atingir as camadas mais profundas do músculo e do tecido conjuntivo, geralmente para ajudar a curar danos musculares causados por lesões.

Massagem Tântrica - Uma modalidade que tem como objetivo redistribuir as energias sexuais do corpo, expandindo a sensibilidade e proporcionando vivências mais intensas. É importante que o cliente conheça bem o procedimento, pois nesta técnica há uma interação mais íntima entre os profissionais massagistas e seus clientes.

Massagem do ponto gatilho - Concentra-se em áreas de fibras musculares rígidas que podem se formar em seus músculos após lesões ou uso excessivo.

Nos siga no Google Notícias