ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUARTA  21    CAMPO GRANDE 30º

Faz Bem!

Treino que seca corpo tem plano de inverno pela metade do preço

Funcional Fight aplica método criado por lutador de MMA que mescla aeróbico e lutas

Por Informe Publicitário | 31/05/2017 06:40
Equipe do Funcional Fight Campo Grande. (Foto: Marina Pacheco)
Equipe do Funcional Fight Campo Grande. (Foto: Marina Pacheco)

O caminho é certo. Em um mês de Funcional Fight não tem peso que resista ou corpo que fique sem os primeiros sinais da definição muscular. A fórmula é apostar em circuito que mescla exercícios aeróbicos e movimentos de luta.

Para não deixar o inverno passar batido e a mudança começar imediatamente, o Funcional Fight Campo Grande decidiu dar uma super força e criou um plano pela metade do valor convencional. Nos próximos 3 meses, programa com 2 aulas por semana custará só R$ 199,00.

Por esse valor, a pessoa terá acesso ao treino que hoje tem como maiores divulgadoras celebridades como as musas Izabel Goulart, Carol Trentini e Fiorella Mattheis. Além de trincar abdome e secar a silhueta, a aula turbina a resistência e é forte até no controle do estresse.

São exercícios funcionais para deixar o corpo inteligente. Os movimentos de lutas são fundamentais no processo de emagrecimento e definição muscular, mas também entram na rotina como filosofia de vida, incentivando a disciplina, dedicação, foco e persistência. 

Modalidade mescla movimentos de lutas e treino aeróbico. (Foto: Janaina Lott)
Modalidade mescla movimentos de lutas e treino aeróbico. (Foto: Janaina Lott)

O método foi elaborado pelo ex-lutador de MMA Eduardo Munra, depois de uma experiência de anos na elite do esporte internacional.

As aulas têm socos, chutes, além de trabalho funcional com uso de elásticos e cordas, abdominais, agachamentos e corridas. "Em 50 minutos, cerca de 900 calorias são eliminadas e, mesmo com o esforço físico, quem pratica costuma ressaltar o prazer no exercício, graças a dinâmica de treinos sempre diferentes", comenta o proprietário Ralf Umeda, que administra o negócio ao lado das sócias Ana Carolina Pimentel e Camila Prates.

Apesar da intensidade, a modalidade é indicada para qualquer idade. Cada pessoa avança conforme suas possibilidades físicas, sem exageros. A evolução é gradativa, assim como os resultados. As turmas têm, no máximo, 10 alunos, com dois professores sempre à disposição.

As dúvidas sobre os efeitos vão embora já na aula experimental oferecida pelo Funcional Fight, onde todo mundo fica convencido dos benefícios do método. Para quem está começando, também não é necessária compra de luvas, porque são fornecidas pela academia.

"Fazemos tudo para garantir o treinamento. Aqui, o professor até coloca a luva no aluno. As aulas são elaboradas com muita variedade de exercícios, com diferentes focos para o corpo. O efeito é musculatura muita bem definida e perda rápida de peso. Temos aluna que perdeu 12 quilos em dois meses, só por conta do treino", comenta a proprietária da academia, Ana Carolina Pimentel, única licenciada a usar a marca Funcional Fight em Mato Grosso do Sul.

Antes de começarem com as aulas, profissionais receberam capacitação em São Paulo, com o próprio Munra. Hoje, Bruna Caruzo, Paulo Martins, Daniel Alvarenga e Reynaldo Sena são licenciados como Funcional Fight coach, e têm condições de definir ações e potencializar os resultados de cada aluno.

Os sócios Camila Prates, Ralf Umeda e Ana Carolina Pimentel.
Os sócios Camila Prates, Ralf Umeda e Ana Carolina Pimentel.
Exercícios trabalham fortalecimento muscular.
Exercícios trabalham fortalecimento muscular.

Além do pagamento mensal, há possibilidade de fechar pacotes de 8, 12 e 20 aulas, que não precisam ser usadas dentro do período de 30 dias. Quando maior a frequência, menor fica o preço.

No valor fechado por mês, de R$ 199,00, o aluno define um horário fixo de manhã ou à tarde. Os treinos ocorrem de hora em hora, entre 6h e 11h e das 14h às 20h.

Já nos pacotes de aulas individuais, o horário é flexível, pode ser a qualquer momento.

O plano de 8 aulas custa R$ 400,00, de 12 sai por R$ 540,00 (dividido em 2 vezes no cartão), no de 20 o preço é R$ 700,00 (dividido em 2 vezes no cartão) e de 40 aulas custa R$ 1.2 mil (dividido em até 3 vezes no cartão). "È bom reforçar que nesses pacotes por aulas, a pessoa pode usar em 2, 3 4 ou até 6 meses, dependendo da quantidade de aulas compradas", diz Ana Carolina.

Para colocar todo mundo para treinar, o Funcional Fight também fecha pacotes empresariais, com valores menores de acordo com o tamanho dos grupos. "A ideia é levar qualidade de vida para o maior número de pessoas. As aulas são incríveis, com resultados imediatos. Até crianças a partir de 12 anos podem fazer", explica Ana.

O Funcional Fight tem aulas de segunda a sexta, de 6h às 11h e das 14h às 20h. Aos sábados, abre às 10h, na Rua Autonomista, 122, Bairro Autonomista. 

As aulas experimentais ocorrem sempre as sextas. Para agendar, ligue 98122-9702.

Conheça mais sobre o método seguindo o Funcional Fight no Facebook e Instagram.

Aulas são na Rua Autonomista, 122, Bairro Autonomista. (Foto: Marina Pacheco)
Aulas são na Rua Autonomista, 122, Bairro Autonomista. (Foto: Marina Pacheco)

Nos siga no Google Notícias