ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, TERÇA  02    CAMPO GRANDE 15º

Sabor

Conveniências de postos concorrem com restaurantes e agora vendem até feijoada

Por Ângela Kempfer | 24/01/2014 06:25
Propaganda da feijoada no Café Leão, no bairro Monte Castelo.
Propaganda da feijoada no Café Leão, no bairro Monte Castelo.

Primeiro elas desbancaram muitas padarias em Campo Grande, agora começam a fazer as vezes de restaurantes e barzinhos da cidade. Algumas conveniências de postos de combustíveis há muito deixaram de ser coadjuvantes para emplacar como protagonistas.

Já vendem pães, bolos e salgados há anos, mas cada vez disputam mais em qualidade com quem deveria ser referência nesse setor. Em conveniências de posto, hoje é possível encomendar salgadinhos e tortas para festas, tomar uma caipirinha, comer sushi, sobá e feijoada completa. Já o preço, pode ser bacana, ou bem alto.

Essa mudança começou há quase 20 anos, quando a Mais Q Pão abriu as portas no posto da avenida Zahran, 227, na Vila Santa Dorotheia. Ampliou a estrutura enxuta e hoje serve de tudo, até caldos à noite, de batata doce, alho poro e tantos outros sabores por R$ 21,90 o quilo.

Na concorrência, outros ampliaram a quantidade de produtos e foram mais longe, oferecem almoço, jantar e petiscos de boteco.

Conveniência na Zahran foi a primeira a investir pesado na vocação de padaria.
Conveniência na Zahran foi a primeira a investir pesado na vocação de padaria.

Monte Castelo - No Café Leão Empório, na Mascarenhas de Moraes com a 14 de Julho, o movimento do posto se confunde com o da conveniência. No lugar, há o balcão para o cafezinho e as mesas para um lanche rápido, café da manhã, almoço (R$ 29,90 o quilo), jantar e feijoada brasileira aos sábados, com sobremesa e música ao vivo, por R$ 35,90.

Em um dos cantos, existe, inclusive, um espaço VIP, fechado para confraternizações pequenas.
A casa também abriu com os buffets diários de salgadinhos e doces vendidos por quilo. Tem pão fresco e, inclusive, a possibilidade de tomar uma taça de vinho da colônia (R$ 6,00) ou uma caipirinha (R$ 10,00).

Para quem gosta de boteco, o cardápio oferece ainda porção de calabresa (R$ 21,90) ou de filé (R$ 28,90) e também pizza com as opções tradicionais (R$ 23,90 a grande).

No Trokar, as surpresas continuam na sobremesa.
No Trokar, as surpresas continuam na sobremesa.

Centro - No Trokar, na Fernando Corrêa da Costa com a José Antônio, a marca de um dos postos mais conhecidos da cidade ganhou um “Smart Food”. É uma conveniência, padaria, restaurante, barzinho...As refeições são à la carte e incluem pizza.

No cardápio, há combinados de comida japonesa, de sushi ao temaki (de R$ 8,90 a R$ 94,00), o sobá campo-grandense (R$ 14,00) e pratos sofisticados, como risoto com salmão.

As massas especiais custam R$ 21,90 a porção individual, com talharim, penne e espaguete como opções, servidas em um ambiente de arquitetura moderna, descolada.

Na sobremesa, as surpresas continuam, com dedo de chef e o Tempura de Sorvete (R$ 14,00) ou o Petit Gateau (R$ 12,00). Há dois meses, o Trokar Smart Food também abre aos sábados com feijoada, por R$ 39,90.

A maior vantagem dos 3 pontos é que atendem das 6h às 22h, para todo o tipo de fome, de segunda à segunda.