ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, QUINTA  18    CAMPO GRANDE 23º

Sabor

Da comida fit a regional, Dani serve até paella pantaneira de banana

Há 10 anos, ela deu toque sul-mato-grossense em suas receitas para conquistar fregueses

Por Jéssica Fernandes | 02/08/2022 06:45
Paella pantaneira tem toque especial com banana da terra. (Foto: Arquivo pessoal)
Paella pantaneira tem toque especial com banana da terra. (Foto: Arquivo pessoal)

No ramo da gastronomia há uma década, Daniela da Costa Silva, de 40 anos, sabe preparar de tudo, porém a especialidade são os pratos regionais. Para valorizar o tempero sul-mato-grossense, a personal chef faz a famosa paella pantaneira e uma releitura de moqueca, mas com banana da terra.

Antes de se dedicar exclusivamente à cozinha, a profissional dividia a função com a de gestora corporativa. Ela conta que optou pela primeira para cuidar do filho de 8 anos. “Eu estava no mercado de trabalho e conciliava com a cozinha. Tenho um caçula autista e com a rotina dele tive que optar trabalhar integralmente com a cozinha”, diz.

Desde então, Daniela trabalha com refeições sob encomenda, sendo uma delas a paella pantaneira. Ela explica o diferencial do prato que é um dos favoritos dos clientes. “É um prato no estilo carreteiro, mas com carne de sol e o diferencial é a banana da terra. No nosso Estado surgiu esse prato que veio através do arroz de comitiva e os chefes vieram fazendo releitura. É um prato que é um carro-chefe”, afirma.

Moqueca de pintado é prato autoral da personal chef. (Foto: Arquivo pessoal)
Moqueca de pintado é prato autoral da personal chef. (Foto: Arquivo pessoal)

Além desses ingredientes, ela adiciona pimenta biquinho, lombo suíno, calabresa e temperos caseiros. Contudo, o sabor de um deles se sobressai. “As pessoas estão mais acostumadas com o arroz carreteiro comum.  Eu sempre explico que a diferença é a  carne soleada. Tem o sabor da carne de sol mais suave”, comenta a profissional.

Apesar da paella pantaneira não ser uma criação dela, a personal chef fala sobre um prato especial que desenvolveu. “Uma das receitas autorais que tenho é a moqueca pantaneira a base de pintado, palmito de guariroba e banana da terra. É uma releitura da moqueca”, esclarece.

Ambos os pratos são cobrados por quilo, sendo o primeiro a R$ 120 e o segundo R$ 150. Seja para porção individual ou para toda a família, Daniela faz a quantidade a gosto do cliente, mas é necessário pedir com 24h de antecedência.

Marmitas fitness são o principal trabalho de Daniela. (Foto: Arquivo pessoal)
Marmitas fitness são o principal trabalho de Daniela. (Foto: Arquivo pessoal)

A vontade de seguir na área, conforme a chef, surgiu através do exemplo dos pais. “Sempre gostei muito, sempre me inspirei nos meus pais que cozinham muito bem. Comecei a fazer pratos por encomenda e resolvi trabalhar profissionalmente com isso”, lembra.

Quando começou a cozinhar, Daniela investiu no segmento de marmitas fitness. Como muitos têm dificuldade em consumir refeições saudáveis ou acreditam que as mesmas não têm sabor, ela apostou no toque caseiro. “O diferencial das minhas é o tempero”, garante a personal chef.

Hoje, ela trabalha com duas opções de marmita fitness, sendo a primeira o prato feito e a segunda com o menu mais flexível onde o cliente pode substituir alguns itens. O menu muda semanalmente e as pessoas podem pedir a quantidade que quiser, porém sempre com antecedência.

Quem quiser conhecer o trabalho dela, o perfil é @cozinhadachefcg

Há 10 anos, Daniela trabalha na área da gastronomia. (Foto: Arquivo pessoal)
Há 10 anos, Daniela trabalha na área da gastronomia. (Foto: Arquivo pessoal)

Acompanhe o Lado B no Instagram @ladobcgoficial, Facebook e Twitter. Tem pauta para sugerir? Mande nas redes sociais ou no Direto das Ruas através do WhatsApp (67) 99669-9563 (chame aqui).

Nos siga no Google Notícias