A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 23 de Maio de 2017

08/08/2013 23:45

Festival do Sobá começa lotado, mas o prato mais pedido é o "espetinho"

Anny Malagolini
Público lotou restaurantes na Feira Central.Público lotou restaurantes na Feira Central.

O primeiro dia do 8º Festival do Sobá, na Feira Central de Campo Grande, começou lotado, com dificuldade, inclusive, de estacionamento. Restaurantes foram disputados, com fila de espera por uma mesa.

A programação vai além da gastronomia uqe já é símbolo da Capital. Nesta sexta-feira haverá apresentação da cozinha Show Sakura, das 18h às 20h30. No sábado, além do atendimento a partir das 18 horas, o Festival abrirá para o almoço, a partir das 11 horas.

No domingo, último dia de festival, tem o tradicional concurso do maior comilão de sobá, a partir das 18 horas. E para encerrar a programação, às 21 horas thaverá show com o grupo "Gaúchos da fronteira".

Mas por enquanto, o prato que leva o nome do evento não é o maior atrativo, e sim o espetinho. "Não deu vontade, sempre como", essa é a explicação da assistente administrativa Thaiz Barbosa, de 36 anos, que foi ao festival com os amigos, mas na hora de fazer o pedido optou pela carne.

Também tem aqueles que não conhecem o prato e mesmo com propaganda não querem o sobá de jeito nenhum. O "brasiguaio" Wilson Soria, de 24 anos, veio a Capital fazer uma consulta médica e na hora de olhar o cardápio pediu carne na chapa. "Nunca tinha ouvido falar em sobá. Achei estranho e fiquei com medo desse tempero me fazer mal".

Em outra mesa o lanche comum em fast-food, batata frita, foi a escolha da Fabiana Teixeira, de 31 anos e Wellington Jeremias, de 18 anos.

O espetinho também foi a opção do casal Paulo César de Souza, de 48 anos, e da esposa, Aramilda dos Santos Souza, de 47. Quem apresentou o prato a Aramilda foi o esposo. Ela é de Ponta Porã e não conhecia o sobá. Mas hoje, os papeis se inverteram, e a escolha do jantar passou longe da culinária japonesa por escolha de Paulo. "Não sou muito chegado".

Ele conta que todo ano leva a esposa ao festival, mas em 2013 não teve jeito, o sobá ficou para escanteio apenas por gosto.

Para a feirante, Maria Inês Oshiro, de 39 anos, os pedidos de sobá foram bem menores do que se esperava para um festival do prato. Para ela, o que faltou foi propaganda, "Tem que divulgar, fazer as pessoas que ainda não conhecem comer o sobá, vieram só pelo show", reclama. No primeiro dia, a apresentação especial da noite foi da banda RPM.

Para animar a clientela, além do tradicional sobá com carne bovina ou suína, durante o evento há novas versões, com file de peixe e vegetariano.

Para sair da mesmice do sobá, amigos pediram picanha na chapa (Foto: Cleber Gelio)Para sair da "mesmice" do sobá, amigos pediram picanha na chapa (Foto: Cleber Gelio)
Com medo do tempero do sobá, Wilson pediu carne (Foto: Cleber Gelio)Com medo do tempero do sobá, Wilson pediu carne (Foto: Cleber Gelio)
Batata frita foi a escolha de jantar para Fabiana e Wellington (Foto: Cleber Gelio)Batata frita foi a escolha de jantar para Fabiana e Wellington (Foto: Cleber Gelio)



imagem transparente
Busca

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2017 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.