A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 14 de Agosto de 2018

03/01/2017 06:20

Para quem gosta de acarajé, arquiteta ensina receita com jeitinho prático

Thailla Torres
Diferente do bolinho recheado, acarajé é servido no prato com recheios reparados. (Foto: Alcides Neto)Diferente do bolinho recheado, acarajé é servido no prato com recheios reparados. (Foto: Alcides Neto)

Com tanta vontade de comer acarajé e com poucas opções em Campo Grande, a arquiteta Paula Magalhães elaborou uma receita simples, mas que não deixa a desejar no sabor. O modo de preparo é diferente do tradicional acarajé baiano, mas ganhou detalhe pantaneiro na hora de servir.

"Eu falo que é acarajé pantaneiro, porque é o nosso jeitinho de preparo. Mas basicamente, vão quase todos os ingredientes, só é um pouco mais fácil de fazer", explica Paula. 

A receita foi preparada por ela e a amiga Camila Santana em uma noite dedicada à culinária baiana, no Drama Bar. A ideia surgiu de uma conversa em um grupo do Facebook, dedicado ao compartilhamento de culinária regional e de outros lugares, para quem gosta de falar de comida boa.

Paula e Camila na preparação do acarajé. (Foto: Alcides)Paula e Camila na preparação do acarajé. (Foto: Alcides)

"Eu gosto muito de comer acarajé e em Campo Grande é muito difícil encontrar. Minha família é toda de Belo Horizonte e toda vez que vou passar as férias, quero comer acarajé. Aí comecei a buscar a receita para fazer. Em uma conversa com Camila, ela sempre chama alguém do grupo no Facebook para fazer uma comidinha e dessa vez foi o acarajé que rolou", conta.

O acarajé, que é um bolinho de feijão-fradinho descascado, moído é servido recheado, na produção de Paula e Camila ficou mais prático.

Em vez de moer o feijão, como é feito da maneira tradicional, Paula optou por comprar a farinha de feijão no Mercadão Municipal que é a base da receita. Um pacote de farinha custa de R$ 10,00 a R$ 15,00 e rende cerca de 20 bolinhos. Depois, é colocar o vatapá e o vinagrete.

Textura da massa feita com farinha de feijão. (Foto: Alcides Neto)Textura da massa feita com farinha de feijão. (Foto: Alcides Neto)

Use os igredientes:

Farinha de feijão-fradinho
Cebola
Oléo de dendê
Farinha de rosca
Castanhas
Camarão
Cheiro Verde
Coentro

Modo preparo:

Na produção do bolinho, misture a farinha de feijão com uma cebola triturada em uma vasilha. Mistures bem até a massa ficar consistente. "É só isso, não precisa misturar com água, porque a própria cebola vai umedecer a farinha e virar massa".

Em seguida, deixe a massa descansado por cerca de 1h. "A farinha já é preparada e por isso ela vai fermentar, fazendo-a crescer", acrescenta Paula.

Com a farinha de rosca prepare um mingau, misture com castanha e azeite de dendê, para finalizar o vatapá. O vinagrete pode ser feito com cebola, tomate, cebolinha e coentro.

"Para finalizar a receita é simples. Depois que a massa estiver pronta, frite todos os bolinhos em óleo de dedê. Também frite o camarão separadamente. Quando estiverem prontos, sirva em um prato o bolinho, vatapá e vinagrete e camarão. Servimos na folha de bananeira para dar um charme pantaneiro na receita", explica

Além da diferença na hora de servir, o acarajé ganhou também versão vegana. "Fizemos um vatapá sem camarão. E além de servir com o vinagrete, fizemos um crispy de cebola, que é cebola frita empanada".

Curta o Lado B no Facebook.

 



imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.