A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 15 de Outubro de 2018

06/09/2018 09:19

TV japonesa compara Sobá de MS a original e faz zoeira com jeito de usar hashi

A emissora enviou uma equipe à Feirona e percebeu as adaptações feitas pelos imigrantes

Kimberly Teodoro
Sobá sul-mato-grossense é notícia na TV japonesa e matéria viraliza nas redes sociais. (Foto: Reprodução Facebook) Sobá sul-mato-grossense é notícia na TV japonesa e matéria viraliza nas redes sociais. (Foto: Reprodução Facebook)

No Japão, o prato mais parecido com o Sobá sul-mato-grossense é feito com peixe espada e não tem tanto sal. São peculiaridades descobertas por uma emissora japonesa que decidiu produzir reportagem sobre o preparo e os ingredientes utilizados aqui. O canal de TV RBC (Ryukyu Broadcasting Corporation) investiu na história para revelar aos japoneses como a tradição gastronômica deles chegou longe.

Exibida em Okinawa (veja o vídeo no fim da matéria), é impossível entender a matéria porque está em japonês, mas causou alvoroço nas redes sociais,. Por isso, resolvemos traduzir, com a ajuda do estudante de Engenharia Civil, Yudi Hattori. 

A matéria também retrata um pouco do cotidiano de Campo Grande, destacando a variedade de animais e da flora que fazem parte da nossa rotina com imagens do Parque das Nações e das capivaras. O VT também mostra Mato Grosso do Sul como estado reconhecido pela pecuária e agricultura, apontando  o plantio de cana de açúcar e o milho como fortes da economia local.  

"Em Okinawa é comum tomar a sopa de peixe, mas no Brasil, o molho de soja é o fator decisivo da sopa", compara a repórter no vídeo. Outro diferencial na receita sul-mato-grossense é o uso ingredientes disponíveis aqui, como a carne de porco e a carne bovina.

O uso de Shoyu na receita é uma das curiosidades que chamou a atenção dos apresentadores japoneses. (Foto: Reprodução Facebook)O uso de Shoyu na receita é uma das curiosidades que chamou a atenção dos apresentadores japoneses. (Foto: Reprodução Facebook)

Originalmente o sobá feito na ilha leva macarrão de udon, caldo de galinha, algas secas (kombu), flocos de peixe seco (katsuoboshi), hondashi (tempero a base de peixe), açúcar e sal a gosto.

Os japoneses fervem as algas e os flocos de peixe seco, em seguida temperam usando o hondashi, aji-no-moto e sal. Depois o macarrão é cozido e servido em uma travessa com o molho, por fim os acompanhamentos são adicionados e podem ser: Costelinha de porco cozida com shoyu, gengibre e açúcar, gengibre ralado e em conserva (beni-shoga), cebolinha picada, ovo frito em tiras, massa de peixe (kamaboko) em fatias, ferva o caldo de galinha com as algas e os flocos de peixe seco.

O festival do sobá que aconteceu no mês de agosto foi referência para explicar aos japoneses a importância e a paixão dos brasileiros pela culinária oriental. "Olhando esse vídeo aí do Brasil, deu vontade de experimentar", comenta a apresentadora do jornal em estúdio.

Ela fecha a reportagem brincando com o jeito "engraçado" como os brasileiros manuseiam o hashi. Há uma simbologia sobre o uso e pegar os "pauzinhos" na vertical é como dar uma oferenda aos mortos. O correto, no Japão, é segurar o hashi em posição mais horizontal, pegando a comida "de lado", não de cima.



imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.