ACOMPANHE-NOS    
MAIO, QUARTA  25    CAMPO GRANDE 23º

Lado Rural

Alto custo de produção faz captação de leite cair 12% em MS

Dados foram divulgados pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento nesta segunda-feira (2)

Por Ana Paula Chuva | 02/05/2022 13:38
Captação de leite em propriedade rural. (Foto: Alcides Okubo Filho/Embrapa Gado de Leite)
Captação de leite em propriedade rural. (Foto: Alcides Okubo Filho/Embrapa Gado de Leite)

Dados divulgados pela Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) mostram que no primeiro trimestre de 2022, o volume de captação de leite, com inspeção federal, caiu 12,48% em Mato Grosso do Sul, comparado ao mesmo período no ano passado.

Conforme o levantamento, no primeiro trimestre de 2021, foram captados ao todo 50 milhões de litros de leite e este ano o volume registrado foi de 43,8 milhões, ou seja, 6,2 milhões a menos. Para analista técnica, a queda é reflexo dos altos custos de produção.

 “A menor captação de leite em 2022 indica a menor produção no campo e pode ser reflexo dos altos custos de produção, principalmente dos insumos que compõem a alimentação animal, como farelo de soja e milho", explica a analista técnica do Sistema Famasul, Fernanda Oliveira.

Atualmente, o valor médio e leite pago ao produtor rural subiu 14,55%, segundo os dados do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada) e da Semagro (Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar). No primeiro trimestre deste ano, foram R$ 1,96 por litro. No mesmo período de 2021, o valor era de R$ 1,71 por litro de leite.

Nos siga no Google Notícias